Campo Grande •27 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Agência Brasil | Quinta, 12 de Janeiro de 2017 - 20h54Proposta concede abono salarial aos aposentados da Previdência SocialTrabalhador, ao aposentar-se, deixa de receber o abono salarial a que tem direito enquanto está na ativa

(Foto: Reprodução/Internet)

Está em análise na Câmara o Projeto de Lei 5923/16, do deputado Laudivio Carvalho (SD-MG), que estende abono salarial aos aposentados pelo Regime Geral de Previdência Social. O trabalhador, ao aposentar-se, deixa de receber o abono salarial a que tem direito enquanto está na ativa.

A proposta estabelece que para ter direito ao benefício o aposentado deve ter percebido até dois salários mínimos médios de remuneração ou benefício previdenciário no ano-base; e que estejam cadastrados há pelo menos cinco anos no Fundo de Participação PIS/Pasep ou no Cadastro Nacional do Trabalhador.

Com a Lei 13.134/15, o abono salarial passou a ter valor proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano-base em questão. O cálculo do valor do benefício corresponde ao número de meses trabalhados no ano-base multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo vigente na data do pagamento.

Têm direito ao abono salarial os trabalhadores que estejam cadastrados no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; tenham recebido de empregador contribuinte do PIS/Pasep (inscrito sob CNPJ) remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base que for considerado para a atribuição do benefício; tenham exercido atividade remunerada, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano base considerado para apuração; tenham seus dados informados pelo empregador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) do ano-base considerado.

Para Carvalho, a medida é importante para ajudar a resolver o problema de insuficiência de renda na velhice. “Nosso argumento é que a simples condição de aposentado não é suficiente para suprimir uma renda com a qual as famílias de baixa renda já contam em seu orçamento, sendo indevida a cessação do benefício com o ato de aposentação”, afirmou o deputado.

Tramitação - O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Veja Também
Médicos são notificados sobre liminar que suspende greve
Na Expo Beauty, beleza masculina está em destaque
Ação levará serviços à população de rua da Capital
Em Dourados, mutuários podem parcelar dívidas em até 10 vezes
Auditoria do TCE-MS encontra obras paralisadas em escolas
Justiça manda prefeitura interromper erosão no Sóter
Esquadrilha da Fumaça se apresenta em Bonito no dia 1º de agosto
Segunda, 26 de Junho de 2017 - 12h25Temer sanciona lei que permite descontos para compras feitas em dinheiro Lei que regulamenta a diferenciação de preços tem como origem a Medida Provisória (MP) 764/2016
Segunda, 26 de Junho de 2017 - 12h03Cheques devolvidos é menor em MS Em maio percentual de devoluções foi de 2,15%, aponta Serasa Experian
Segunda, 26 de Junho de 2017 - 11h33CCR MSVia segue com pare-e-siga na BR-163/MS Em caso de chuva as obras serão interrompidas
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento