Menu
19 de maio de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Vistoria

Promotora verifica dano em ponto eletrônico na UPA Coronel Antonino

Depredação ocorreu um dia após vistoria realizada com a presença de juiz

9 Ago2018Da redação19h44

A Promotora de Justiça Filomena Aparecida Depolito Fluminhan, titular da 32ª Promotoria de Justiça da Saúde Pública fez vistoria nesta quarta-feira (08/08) na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Coronel Antonino, em Campo Grande.

A vistoria foi para constatar in loco, especificamente, o Aparelho de Ponto Eletrônico danificado e adotar as providências cabíveis, na esfera criminal, bem como apurar eventual ato de improbidade administrativa por parte dos servidores.

O dano aconteceu um dia após a vistoria realizada pela Promotora de Justiça juntamente com o Juiz David de Oliveira Gomes Filho, da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos de Campo Grande; e o Secretário da SESAU (Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande) Marcelo Vilela, na UPA Coronel Antonino, Centros Regionais de Saúde (CRSs) Nova Bahia e Tiradentes, unidades com o sistema de registro de frequência biométrico (ponto eletrônico) em operação.

Ação do MPMS - O Juiz de Direito David de Oliveira Gomes Filho acatou o pedido do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Promotora de Justiça Filomena Aparecida Depolito Fluminhan, titular da 32ª Promotoria de Justiça da Saúde Pública, e determinou a implantação, em junho deste ano, dos pontos eletrônicos em todas as Unidades de Saúde de Campo Grande.

De acordo com os autos, o Ministério Público Estadual propôs Ação Civil Pública com Pedido de Tutela Provisória de Urgência Antecipada, contra o Município de Campo Grande pedindo a implementação do controle eletrônico biométrico de frequência e pontualidade para todos os médicos e servidores públicos que atuam nas unidades de saúde municipais, uma vez que é ineficiente o controle de frequência por “folha de ponto” atualmente adotado.

Veja Também

Agendamento online para castrar felinos começa nesta segunda
Famílias são notificadas para deixar área pública
Justiça tenta acordo sobre Rio da Prata
Meta para 2020 é construir 500 mil casas populares, diz Onyx
'Cidade do Natal' ganhará novo visual
Agepan busca solução para melhorar transporte em Ladário
Hospital de Ponta Porã realizou 60 cirurgias ortopédicas
Presidiários recebem curso de Primeiros Socorros da Agepen e Cruz Vermelha
Distribuição de remédios no País será normalizada, diz ministério
Prefeitura realiza projeto de valorização da cultura indígena