Campo Grande •25 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Governo - Refis

Marcos Tenório, em colaboração com o Diário Digital | Sábado, 1 de Julho de 2017 - 11h38Projeto visa embelezar ruas da Capital com arteIntervenção urbana acontece em lugares inusitados onde a pessoa passa diariamente

  
Projeto Campo Aberto para Artes Visuais (Foto: Marco Miatelo)
  • Projeto Campo Aberto para Artes Visuais
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Dharison Freitas, 18 anos. Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo
  • Artista Ana Ruas. Foto: Marco Miatelo
  • Foto: Marco Miatelo

O projeto Campo Aberto para Artes Visuais, coordenado pela artista Ana Ruas, está espalhando arte pelo muro de esquina com a Avenida Fábio Zahran, com a Rua 26 de Agosto, próximo ao Mercadão Municipal de Campo Grande.

A pintura do muro conta com a participação de 10 escoteiros entre 13 e 19 anos e com a diretora pres. do Grupo Escoteiros Mário Dilson, Leize Demétrio da Silva e a Artista Ana Ruas.

A Diretora Leize Demétrio de 50 anos, relata que o projeto é uma proposta que faz com que o jovem se sinta pertencente a sociedade, esse espaço é dele, essa cidade é dele, e quando ele intervém ele se sente responsável pelo cuidado também desse espaço.

O escoteiro Sênior Dharison Freitas de 18 anos, disse que todos do grupo ficaram muito feliz com o convite para fazer parte desse projeto cultural, que é para deixar a cidade mais colorida. O jovem fala da importância de fazer parte do projeto nas ruas de Campo Grande, porque mostra para a cidade que a vida não uma coisa chata.

O escoteiro Sênior fala para as pessoas deixarem o celular de lado um pouco, sair da televisão e olhar para a cidade, para ver o como é importante deixar a cidade mais bonita, e encerra dizendo “não podemos ficar dependendo dos líderes políticos, nós temos que fazer nossa parte”.

A artista Ana Ruas fala que a intervenção urbana acontece em lugares inusitados onde a pessoa passa diariamente, mais as pessoas não saem de casa em busca de uma intervenção, ela se depara com uma.

Toda vez que a artista propõe um projeto, ela busca sempre passar uma mensagem positiva porque a nossa cidade está tão abandonada, Ana diz que um espaço como esse que parece que pede que seja recuperado, pois faz parte da história de Campo Grande.

A artista de rua, não sabe como a pintura vai ficar no final, pois ela termina de planejar a forma e os desenhos junto com os escoteiros, e que ama trabalhar com os jovens, porque eles não têm preguiça e o grupo é sensacional.

O trabalho que começou 8 horas da manhã, será encerrado às 17h, e só no fim da tarde será possível saber qual desenho estará embelezando uma das ruas mais movimentadas da Capital.

Veja Também
Debate sobre segurança servirá de base para política estadual
Capital terá observatório para mapear violência contra mulher
Programa ‘Casal Grávido’ realiza mais um curso no próximo sábado
Costelada vai ajudar 125 crianças carentes da Capital
Acusado define caso como uma 'brincadeira infeliz'
Sexta, 24 de Novembro de 2017 - 12h05CCR MSVia informa pontos da BR-163/MS com obras e serviços nas pistas Em caso de chuva, as obras poderão ser interrompidas
Black Friday leva população a loucura
Sexta, 24 de Novembro de 2017 - 11h28Assaltante morre em confronto com a polícia após roubo Ao roubar utilitário, dupla ainda atirou contra muro da casa e blindex da vizinha
Indígenas voltam a bloquear a Perimetral Norte
Senar/MS certifica mais de mil pessoas em Três Lagoas
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento