Menu
26 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Ação do bem

Artista plástica leva cores e alegria à Afrangel

Ação é desenvolvida pela artista plástica Ana Ruas

7 Jun2017Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital.18h15
Atividade colorida encantou as crianças atendidas pela Afrangel (Foto: Marco Miatelo)
  • Ana Ruas colore o muro com a ajuda das crianças que se encantaram com a oficina
  • Atividade colorida encantou as crianças atendidas pela Afrangel (Foto: Marco Miatelo)
  • Diretora da Afrangel a Irmã Madalena Aparecida da Silva. (Foto: Marco Miatelo)
  • Artista plástica Ana Ruas. (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

Uma floresta colorida e encantada tomou conta dos muros da Associação Franciscana Angelinas – Lar das Crianças Vivendo e Convivendo com HIV/AIDS (AFRANGEL), em Campo Grande. A pintura surgiu graças ao projeto “Artes Visuais em MS - Campo Aberto” que é realizado pela artista plástica Ana Ruas. As crianças assistidas pela entidade também participaram da atividade artística. Para inspirar os pequeninos, Ana Ruas utiliza de plantas e flores que tem na própria associação.

A artista conta que o projeto “Artes Visuais em MS – Campo Aberto”  é realizado por meio do Fundo de Investimentos Culturais (FIC) que é executado pela Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania (SECC). A atividade de pintura já passou pela Rede Solidária, do Jardim Noroeste, pela Cotolengo e pela Associação de Moradores da Vila Saraiva. O período do projeto para realização de todas as ações é de março a setembro de 2017.

As oficinas são realizadas durante quatro dias da semana, no período matutino ou integral nos feriados e/ou fins de semana, de acordo com adequação da agenda de cada instituição. Durante o estudo da pintura mural é discutida a relação entre a arte e o espaço, o que possibilita novas experiências, através da pintura como linguagem e a relação com o cotidiano de cada lugar.A diretora da Afrangel,  Irmã Madalena Aparecida da Silva, que está à frente da associação há nove anos diz que participam das oficinas crianças a partir dos 7 anos. Ele afirma que a pintura está ficando linda e só tem a agradecer pelo projeto. “É algo mágico. As crianças esperam pelo momento de deixarem a sua marquinha ali no muro, e a pintura está ficando linda”, enaltece a irmã Madalena.

Ana Ruas conta que desde sempre gostou de artes, e que aos 17 anos prestou vestibular para Artes Plásticas e desde então não tem trabalhado com outra coisa. “Eu sempre digo que eu nasci artista” brinca a artista plástica. Elis Regina é amiga de Ana e sempre a acompanha nas realizações do projeto registrando cada momento e cada pincelada das crianças.

No próximo dia 16 de junho, a Associação de Moradores da Vila Saraiva, contemplada na última semana de maio com as atividades, contará com o mutirão para instalação de uma horta, concluindo assim o trabalho realizado no local. A partir de 19 de junho, as intervenções ocorrem na Escola Estadual, Padre Delpiano, no bairro Nova Lima e, em seguida, contemplará a CAMVA (Cooperativa Agrícola Mista de Várzea Alegre), na região central de Campo Grande


Afrangel - A Associação Franciscanas Angelinas - Lar das Crianças vivendo e convivendo com HIV/AIDS (Afrangel) foi fundada em  27 de setembro de 1996, com a missão de atender crianças de 0 a 12 anos vivendo ou convivendo com o vírus. A entidade presta assistência social e psicológica às famílias que tenham algum membro soropositivo.

A Afrangel é a única em Mato Grosso do Sul a prestar esse tipo de assistência, todo atendimento oferecido é gratuito. A associação é mantida por meio de doações.

Veja Também

Vítima de acidente, engenheira morre em hospital
Prefeitura da Capital afirma ter suprido déficit de medicamentos
23° Encontro de Estudantes de Relações Internacionais será na Capital
Vereadora solicita construção de UBS para bairros da Capital
Usina indenizará vítima de atropelamento em rodovia
Câmeras flagraram atropelamento fatal
Vacinação contra gripe na Praça Ary Coelho
Vereador apresenta projeto a supermercados para reaproveitar alimentos
TJ permite que candidata continue em concurso para escrivã de Polícia
População retira kit gratuito para sinal digital