Menu
15 de outubro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Baixa Renda

Projeto destina 50% das vagas ociosas em universidades a alunos pobres

Estudante precisará comprovar que a renda total de sua família é igual ou inferior a 1,5 salário mínimo por pessoa

11 Ago2019Agência Câmara16h25

Projeto de Lei 1255/2019 assegura a estudantes de baixa renda o direito de ocupar metade das vagas ociosas em universidades ou em institutos públicos federais. Para ter acesso às vagas, o estudante precisa comprovar que a renda total de sua família é igual ou inferior a 1,5 salário mínimo por pessoa. O texto altera a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012).

O projeto, que já foi aprovado pelo Senado, é assinado pelo senador Styvenson Valentim (Podemos-RN). Ele argumenta que o projeto tem potencial para gerar resultados educacionais benéficos ao País. “O intuito primordial é aproveitar vagas ociosas geradas que surgem logo após os processos seletivos e também no decorrer do percurso acadêmico, quando as turmas são reduzidas pelas mais diversas razões, incluindo transferências e evasão de alunos”, justifica o senador.

Tramitação - O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Veja Também

Tom inovador marca evento pioneiro de moda na Capital
Tribunal de Justiça julga pedido de habeas corpus para presos da Omertà
Morador do bairro Coophasul ganha carro no 3º sorteio do 'IPTU Dá Prêmios'
PMA fecha abatedouros clandestinos
Resgate Aéreo atende criança no Pantanal
Tecnologia Qual a Importância de um bom Gerenciador de Wi-Fi para o hotel? Uma internet estável é importante para o usuário que precisa se conectar sem preocupações, e também para a rede hoteleira
Detento escapa de escolta mas é recapturado dentro de bar
Procon flagra irregularidades e autua mercearia no Coophatrabalho
Publicado decreto que regulamenta o trabalho temporário
Vereador vira