Menu
25 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Estado

Projeto de lei estadual obriga limpeza de imóveis não utilizados

Imóveis abandonados representam riscos como a proliferação do Aedes Aegypti

16 Fev2017Da redação18h40

Um projeto de lei apresentado pela Deputada Estadual Antonieta Amorim (PMDB) obriga que proprietários de imóveis não utilizados ou subutilizados os mantenham limpos e fechados, de modo a impedir a proliferação de animais e insetos transmissores de doenças, contaminação do meio ambiente e a prática de crimes.

De acordo com a parlamentar, imóveis abandonados em áreas urbanas apresentam riscos como a proliferação do Aedes Aegypti, mosquito causador de doenças como dengue, zika e chikungunya, principalmente em imóveis com piscina. “Há também locais abertos que abrigam usuários de drogas e criminosos, e alguns usam estes imóveis como depósito de produtos roubados. Enfim, não basta limpar, é preciso manter fechado para garantir a segurança de toda a comunidade”, explicou Antonieta.

Segundo o Projeto, o proprietário que descumprir a lei estará sujeito a multa entre 10 e 50 Uferms, caso não tome medidas em até 48 horas após ser notificado. Após a tramitação na Assembleia, o projeto deverá seguir para o Governo do Estado que poderá sancionar ou vetar a iniciativa.

Veja Também

Caminhoneiros aceitam acordo e greve será suspensa
AGU já conseguiu 17 liminares para desbloquear rodovias federais
Manifestantes bloqueiam Central da Petrobras
Caminhoneiros não chegam a acordo com governo
Cheia faz Município suspender aulas em escola do Paraguai Mirim
Ruas vazias e postos lotados na Capital
Com sorteio de prêmios, Festa do Sagrado Coração começa no sábado
Copa Assomasul adia jogo devido à greve dos caminhoneiros
Na Capital, combustível acabou em 20% dos postos
Audiência pública debate o reordenamento dos bairros de Dourados