Menu
26 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Transporte

Projeto amplia beneficiados com gratuidade no transporte intermunicipal

Pessoas com renda igual ou inferior a dois salários mínimos e meio poderão ser beneficiados

12 Mai2017Da redação18h50

O 1º secretário da Assembleia Legislativa, deputado Zé Teixeira (DEM), apresentou nesta quinta-feira (11/5), Projeto de Lei que altera as normas sobre a concessão de gratuidade ou desconto no Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de passageiros de Mato Grosso do Sul. A proposta estabelece o benefício para as pessoas que, comprovadamente, possuam renda mensal igual ou inferior a dois salários mínimos e meio, equivalente a R$ 1405,50.

“Os custos das passagens com o transporte aumentaram, enquanto o valor do salário mínimo pago hoje obteve reajuste inferior ao índice real da inflação. Apresentamos o projeto com a intenção de o benefício alcançar uma parcela maior de pessoas“, afirmou Zé Teixeira.

De acordo com a Lei 4.086, os beneficiários precisam ainda se enquadrar nas seguintes condições: idosos (acima de 60 anos) e pessoas com deficiência física, auditiva, visual, intelectual ou múltipla. Para o acesso a gratuidade, o favorecido deve estar cadastrado no órgão gestor estadual de Assistência Social, por meio dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) instalados nos municípios do Estado.

Veja Também