Campo Grande • 06 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Larissa Mendes, especial para o Diário Digital | sexta, 23 de setembro de 2016 - 09h20Profissionais tiram dúvidas de quem tem o implanteNa capital há mais de 6 mil pacientes com o aparelho que regula os batimentos cardíacos

  
Seu José tirando dúvidas. (Foto: Ana Oshiro)
  • Seu José tirando dúvidas.
  • Cirurgião cardíaco, Jandir Gomes. (Foto: Luciano Muta)
  • Marca-passo possuí vários tamanhos. (Foto: Luciano Muta)

Capaz de salvar vidas, o implante de marca-passo tem crescido cada vez mais no país, só na capital há 6 mil pacientes com o aparelho. Hoje, 23 de setembro, no dia nacional do portador do marca-passo, profissionais da saúde estão na praça Ary Coelho de Campo Grande, para tirar dúvidas e alertar sobre os cuidados de quem fez o implante. 

O marcapasso emite estímulos elétricos que serve para regular os batimentos cardíacos, que geralmente são em pacientes que possuem batimentos lentos. 

Segundo o médico cirurgião da Clínica Campo Grande, Jandir Gomes de 38 anos, as principais dúvidas de pacientes são sobre os cuidados, “quem tem o implante é preciso ter alguns cuidados, como ao falar no celular, o paciente de preferência tem que falar do lado oposto que esta o implante, pois é possível ter um mau funcionamento do aparelho”, relata o cirurgião que ainda disse  que é preciso ter atenção ao usarem eletrodomésticos, para não levarem choque. Os pacientes também não podem fazer ressonância magnética e devem evitar passar por detectador de metais.

José Carlos Lopes, veio de Nova Andradina tem pouco mais de um mês, aproveitou que estava ocorrendo o evento para tirar algumas dúvidas.  O ex-carreteiro fez o implante do marcapasso no começo do ano passado. Ele contou que sentia muito cansaço, dor nas costas e queimações no peito, por isso procurou um médico para saber o que estava acontecendo. "Eu levantava da cama e ia pro banheiro, quando  grande e o coração bem acelerado.".

Hoje, com o marcapasso garantindo sua vida, sue José conta que agora se sente muito bem, quase tão bem como antigamente, antes de ter o problema no coração. Comemora por conseguir caminhar distância mais longa, para ele o implante lhe deu uma nova vida.

Veja Também
Caravana Siga Bem chega a Capital nesta sexta-feira
Ministro da Defesa vem à Capital para falar sobre Fronteiras
terça, 06 de dezembro de 2016 - 12h38Curso semipresencial do Senar/MS qualifica primeira turma no Estado Com objetivo de preparar profissionais para atuarem na gestão de agronegócio
terça, 06 de dezembro de 2016 - 12h20Banco Central diz que pode haver mais espaço para corte de juros Avaliação consta da ata da última reunião do Copom, divulgada hoje (6), em Brasília
terça, 06 de dezembro de 2016 - 11h46Quase metade dos estudantes brasileiros tem desempenho menor que o adequado Esses estudantes obtiveram uma pontuação que os coloca abaixo do nível 2
9º Festival Universitário de Audiovisual está com inscrições abertas
terça, 06 de dezembro de 2016 - 11h10BB e Correios fazem acordo para manter serviços do Banco Postal Acordo estabelece novo modelo de remuneração mensal baseado em uma parte fixa de R$ 5 milhões
terça, 06 de dezembro de 2016 - 10h53Sem previsão de salário trabalhadores dos Ceinf’s sinalizam paralisação Atrasos são constantes e prefeitura diz não ter previsão para o pagamento neste mês
Boliviana aguarda posição do governo brasileiro
terça, 06 de dezembro de 2016 - 10h00UEMS e IFMS firmam parceria para informatizar atendimento no CRAS Comitiva do IFMS foi recebida pelo reitor da UEMS, Fábio Edir dos Santos Costa
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento