Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Consumidor

Procon recolhe produtos vencidos em supermercados

Fiscais constataram ainda propaganda enganosa durante inspeção em estabelecimento

11 Set2017Da redação14h15

Produtos com a data de validade vencida e publicidade enganosa foram constatados por  fiscais da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon-MS) durante três inspeções realizadas em supermercados de Campo Grande. As fiscalizações foram realizadas para apurar denúncias recebidas pelo número 151 do Procon.

Em supermercado do Bairro Buriti, foram constatados 55 produtos vencidos, entre temperos prontos, latas de cerveja, garrafas de suco, margarinas, massa fresca para pastel, creme para pentear e xampu, entre outros. A denúncia relatava também ausência de emissão de cupom fiscal, o que não foi constatado.

No estabelecimento do bairro Jardim dos Estados foi verificada divergência de preços em seis itens; quatro produtos ofertados com preço diferente do anunciado, o que configura propaganda enganosa, e 18 produtos com prazo de validade expirado entre os dias 28 de agosto e 4 de setembro.

Entre os itens vencidos, linguiça, potes de sorvete, salgadinho, biscoitos para cães, cervejas e bandejas de acerolas. O estabelecimento foi autuado por expor à venda itens com validade expirada e por divergência de preços.

No terceiro estabelecimento fiscalizado, no bairro Jockey Club, não se comprovou a denúncia relativa a uma promoção de carne, mas foram encontrados 19 itens alimentícios com data de validade expirada entre os dias 2 e 4 de setembro, como salgadinhos, macarrão instantâneo e cappuccino, e um pacote de peixe congelado vencido em 12 de agosto, além de 22 itens sem informação com relação à validade. Todos os produtos vencidos foram descartados nas lojas na presença dos fiscais.

As inspeções contaram com a participação de servidores do Procon de Campo Grande, como atividade de treinamento. Desde a semana passada equipes do Procon Municipal de Campo Grande estão participando de capacitação no Procon Estadual como atividade preparatória para o atendimento que será realizado quando o órgão de defesa do consumidor da Capital for inaugurado.

As fiscalizações do Procon são realizadas tanto na Capital quanto no interior de Mato Grosso do Sul. Para denúncias, o Procon disponibiliza o Fale Conosco do site e o número 151. Além de produtos vencidos, podem ser denunciadas outras situações que demandam fiscalização, como demora na fila de banco, ausência de preços na vitrine etc.

(As informações são da assessoria de imprensa do Procon-MS)

Veja Também

Internos concluem curso de Corte e Costura no interior
Governo Federal reconhece estado de emergência em 184 cidades
Ex-servidores do HU viram réus por desvio de dinheiro
Nova procuradora toma posse no MPT-MS
Mortos em acidente na BR são identificados
Falha em ônibus atingido por trem está sendo investigada
Projeto proíbe cobrança para religação de água e luz em caso de corte
TCU investigará se cobrança de bagagem barateou passagens aéreas
Ministério condena assédio de brasileiros a mulher na Rússia
Seminário discutirá correção monetária dos valores das modalidades licitatórias