Menu
21 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Internacional

Premiê do Japão defende diplomacia para desarmar Coreia do Norte

Ele insistiu na ideia de buscar a cooperação da Rússia.

17 Abr2017Da Agência Brasil08h09

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, defendeu hoje (17) a diplomacia para se conseguir o desarmamento da Coreia do Norte, um dia depois de o país vizinho fazer o lançamento fracassado de um míssil em plena escalada de tensão na península coreana. A informação é da Agência EFE.

"A Coreia do Norte está mostrando seu poder militar, mas é importante manter a paz por meio de esforços diplomáticos", afirmou Abe durante reunião do Comitê de Orçamento da Câmara Baixa da Dieta (Parlamento), segundo divulgou a rede pública NHK.

O chefe do Executivo japonês pediu a Pyongyang que evite fazer mais provocações e considerou que, além disso, "é necessário exercer mais pressão para que a Coreia do Norte responda seriamente ao diálogo".

Abe disse ainda que para atingir estabilidade na região é necessário que Pequim, principal aliado de Pyongyang, faça uso de sua influência e que Washington e Seúl façam seu papel. Ele insistiu na ideia de buscar a cooperação da Rússia.

Veja Também

Petrobras anuncia redução de 1,11% no preço da gasolina nas refinarias
Clima Inverno começa com temperaturas amenas Expectativa é de que no primeiro dia as temeperturas devem chegar a 29°
Terceira agência digital do País é inaugurada
Projeto proíbe exibição de animais silvestres em zoológicos, aquários e parques
Manutenção do Parque das Nações será feita com veículo elétrico
Prefeitura abre inscrições para desfile cívico de 26 de Agosto
Arraial do Banho de São João começa nesta quinta em Corumbá
Helicóptero da PM transporta peão a Santa Casa
Campo Grande receberá próxima etapa da Copa Truck
Após reportagem, indígenas de Dourados recebem cobertores