Campo Grande •18 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner FM Cidade

Da redação | Sábado, 15 de Julho de 2017 - 15h56Prefeitura recomenda atenção com poda de árvores em DouradosTodo corte de árvores nas área interna ou externa das residências precisa de autorização, lembra prefeitura

(Foto: Divulgação/Imam)

A prefeitura de Dourados, através do Instituto de Meio Ambiente de Dourados (Imam), recomenda à população do município que haja com atenção nos procedimentos de cortes e poda de árvores. Segundo o diretor-presidente, Fábio Luis, têm sido recorrentes os casos em que estes procedimentos excedem o que é estipulado na Lei Municipal 3959/2015.

Fábio Luis lembra que qualquer necessidade de corte de árvores precisa ser protocolado na Central do Cidadão. “Todo corte de árvores nas área interna ou externa das residências precisa de autorização junto à Central do Cidadão que encaminhará à Semsur ou ao Imam”, explica, lembrando que a poda não necessita de autorização, mas precisa seguir certo protocolo para não ser prejudicial à planta.
 
Algumas atitudes de cidadãos têm prejudicado estas plantas e podem ser enquadradas na Lei que regulamenta as podas de árvores na cidade de Dourados. A poda em mais de 50% da planta, por exemplo, é considerado drástica ou radical e configura crime ambiental.
 
Segundo a Lei, no Artigo 3º, “é vedado o corte, derrubada ou prática de qualquer ação que possa provocar dano, alterações no desenvolvimento natural ou morte de árvore em bem público ou em terreno particular”.
 
Ainda na legislação, o Artigo 22 traz que “a poda excessiva ou drástica de arborização pública ou de árvores em propriedade de particular, que afete significativamente o desenvolvimento natural da copa” é proibida. “Estamos planejando uma campanha de conscientização porque a fiscalização chega e, muitas vezes, o cidadão cometeu uma infração por não conhecer as regras”, disse o diretor.

Com o esclarecimento das informações, o cidadão pode proceder corretamente, evitando danos ao meio ambiente e transtornos com a fiscalização. Entre outras informações, a Lei 3959/2015 traz todos os procedimentos legais para remoção, corte, poda, replantio e corte de raízes das árvores.

Veja Também
Liminar garante atendimento de advogados no sistema penitenciário
Confira dicas para acabar com o ronco
Homem que matou em briga de bar é condenado a 8 anos de prisão
Veto cai e Capital poderá entrar na era dos parklets
Tribunal mantém condenação de padrasto por estupro
Terça, 17 de Outubro de 2017 - 11h53CCR MSVia destaca locais onde há pare-e-siga e desvio na BR-163/MS Em caso de chuvas as obras poderão ser suspensas, retornando tão logo elas cessem
Livros raros e antigos estarão expostos, pela primeira vez, na Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim
Funcionários da JBS lotam Assembleia
Terça, 17 de Outubro de 2017 - 08h13Semadur promove curso para capacitar profissionais dos programas aprove fácil e habite-se legal Cursos visam principalmente um aprofundamento dos profissionais nos aspectos da análise dos projetos
Sesau lança comitê e fórum sobre cuidados e prevenção da sífilis congênita
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento