Campo Grande •13 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do estado - Campanha Transparência Governo

Da redação | Quarta, 11 de Outubro de 2017 - 14h11Prefeitura prepara dia especial para crianças de unidades de acolhimentoIniciativa “Criança: Para Viver e Ser Feliz” é uma extensão do Projeto “Sonho de Campeão”

(Foto: Divulgação)

Em comemoração ao Dia das Crianças, a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Fundação Municipal de Esporte, e auxílio do Fundo de Apoio à Comunidade, preparou um dia especial às crianças das unidades de acolhimento. A iniciativa “Criança: Para Viver e Ser Feliz” é uma extensão do Projeto “Sonho de Campeão”, que oferece atividades recreativas todos os sábados no Centro Municipal de Treinamento Esportivo (Cemte).

As 41 crianças e adolescentes que estão em vulnerabilidade social e são assistidas pelas Unidades de Acolhimento Institucional II, III e IV participaram de diversas atividades esportivas, recreativas, aquáticas e gincanas. Tudo supervisionado e orientado pela equipe da Funesp.

Para o prefeito Marquinhos Trad o momento foi importante para mostrar às crianças que elas podem e devem ser protegidas. “Em toda a nossa gestão iremos fazer o possível para dar dias mais alegres a vocês e mostrar que há pessoas que querem cuidar e proteger”, afirmou.

A adolescente W.L, de 16 anos, aprovou a iniciativa. “Hoje o dia está sendo especial para nós. Estamos tendo varias recreações, estamos nos divertindo… Muita gente pensa que abrigo é algo ruim, mas nós somos uma família e um cuida do outro”, disse.

Já E.A.A, de 12 anos, diz ter gostado da iniciativa por ter sido um dia diferente dos demais. “É muito legal a gente poder vir brincar na piscina, se divertir, está bem legal”, concluiu.

Dia especial

Idealizado pela vice-prefeita Adriane Lopes, o Projeto “Criança: Para Viver e Ser Feliz” conta com diversos apoiadores que doaram desde os brinquedos entregues às crianças, as toalhas e roupas de banho, bem como as bolsinhas confeccionadas pelo CRAS Vila Nasser.

“Esse projeto é do coração. Nós quando pensamos nesse projeto pensamos como mãe, em dar a essas crianças o nosso amor. Essa oportunidade de estar aqui com elas comemorando com atividades, brincadeiras e dar dignidade, fazer que elas voltem a sonhar, a esquecer a tristeza dos momentos difíceis, de enxergar coisas novas”, contou Adriane Lopes.

Presidente do Comitê Gestor do FAC, Tatiana Trad contou que o projeto terá continuidade aos fins de semana. “As crianças dos abrigos vão ter acesso a esse poliesportivo, a piscina. Hoje elas ganharam roupas de banho, para poderem usar todas as vezes que vierem aqui. Para isso contamos com o apoio de empresário para os kits de natação, os presentes das crianças. É maravilhoso a gente poder contar com parceiros. Sozinho a gente sonha, mas com parceiros a gente une forças e se concretiza”, frisou.

O projeto

O diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra, explicou que o dia de hoje é mais uma atividade que a Funesp está desenvolvendo em parceria com a SAS. “É uma atividade complementar ao Projeto Sonho de Campeão, onde todos os sábados das 8h30 às 10h30,  as crianças e adolescentes das unidades de acolhimento II, III e IV vão vir para cá e terão atividades variadas ligadas ao esporte e lazer”, explicou.

O secretário da SAS, José Mário Antunes, explicou que o momento também é para interação entre os abrigos. “Hoje eles estão desfrutando da piscina, brincadeiras e diversas atividades. Neste projeto eles vão sair dos abrigos e ter contato com outras crianças, com outras unidades, tendo uma interação entre todos”, finalizou.

A Unidade de Acolhimento Institucional

As Unidades de Acolhimento Institucional, subordinadas à Superintendência de Proteção Social Especial da Secretaria Municipal de Assistência Social, tem como finalidade oferecer acolhimento provisório e excepcional para crianças e adolescentes com faixas etárias de 0 a 18 anos incompletos, afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva, que se encontram sob ameaça ou violação de direitos e que estão aguardando a reintegração em família de origem ou substituta, de forma a assegurar os seus direitos constitucionais.

A UAI – II destina-se às crianças de ambos os sexos, com faixa etária de 4 a 11 anos e 11 meses; A UAI – III, destina-se a adolescentes do sexo feminino, com faixa etária de 12 anos a 17 anos e 11meses; A UAI- IV, destina-se a adolescentes do sexo masculino, com faixa etária de 12 anos a 17 anos e 11 meses.

Veja Também
Moradores protestam após isolamento em rodovia
Após denúncia, polícia encontra revólver e pistola com homem
Coral Fronteira e Laço de Ouro se apresentam hoje na Cidade do Natal
Quarta, 13 de Dezembro de 2017 - 07h53Terminam nesta sexta-feira as inscrições na Missão Pedagógica no Parlamento
Quarta, 13 de Dezembro de 2017 - 07h35Cineclube Marginália exibe Boi Neon no MIS com entrada franca Entrada é gratuita e a classificação indicativa do filme é de 16 anos
Quarta, 13 de Dezembro de 2017 - 06h58Capital pode ter chuva nessa tarde Umidade relativa do pode variar entre 55% e 90%
FlexPark tem 10 dias para esclarecer sobre aplicativo
Empresas envolvidas em corrupção serão impedidas de firmar contratos com o Governo
Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 12h47Veja onde acontecem obras e serviços da CCR MSVia na BR-163/MS Obras poderão ser interrompidas em caso de chuvas
Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 12h10Bosque dos Ipês recebe Mostra de Foto-Arte de artista renomada no Estado Nesta terça-feira, às 20h o público poderá vir ao vernissage e conhecer as telas de Lúcia Martins Coelho Barbosa
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento