Menu
20 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Interior

Prefeitura prepara 29ª Festa do Folclore de Três Lagoas

Área que sediará evento passa por retirada de mato, galhos e nivelamento do terreno e ruas de acesso

24 Jul2017Da redação15h39

A área que compreende o antigo galpão da NOB, local esse que irá sediar a 29ª Festa do Folclore de Três Lagoas, começou a receber limpeza nesta segunda-feira (24) pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (SEINTRA), por meio do Departamento de Serviços Público (DSP). A festa acontecerá entre os dias 9 e 13 de agosto.

Com auxílio de moto niveladora, caminhões e homens do DSP, o serviço compreende a retirada de mato, galhada, nivelar o pátio e outras ações de limpeza e manutenção do local. “Temos que começar essa limpeza agora para dar tempo de fazer toda a parte de infraestrutura do local, principalmente no que se trata de hidráulica e elétrica”, explicou o diretor de Cultura, Rodrigo Fernandes.

A ideia é manter no local a antiga locomotiva, os dois guindastes e os vagões de trem. “Vamos iluminá-los e com isso compor um ambiente que retrata muito bem a história da ferrovia. O legal é que, além da locomotiva, temos um guindaste que funcionava a vapor e que foi usado na construção da Ponte de Ferro Francisco de Sá”, comentou Fernandes.

Além das ações na parte interna da área, as ruas que dão acesso ao local também estão recebendo uma atenção especial para que permita melhor trafegabilidade. “O galpão em si ficará isolado durante o evento, mas mesmo assim será um dos destaques do ambiente, pois estará iluminado e compondo um pano de fundo para a festa”, finalizou Rodrigo.

Sobre a festaA tradicional Festa do Folclore de Três Lagoas, realizada pela última vez em 2013, volta a fazer parte do calendário cultural da Cidade, sendo que a escolha do local foi pensada por ser no centro da Cidade e por não atrapalhar o trânsito na Avenida Rosário Congro, além de o espaço ser adequado para abrigar todas as atrações, faz parte da história da cidade que surgiu a partir da ferrovia.

O evento contará com 50 barracas de artesanato, comandadas por artesões locais devidamente cadastrados e outras 25 de gastronomia que estarão sob o comando de instituições filantrópicas. 

Veja Também