Campo Grande •19 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Sexta, 14 de Abril de 2017 - 14h12Prefeitura fará estudo para revitalizar Feira CentralFeira foi reformada em 2006 mudando-se para a antiga Estação Ferroviária

(Foto: Divulgação)

Com o apoio da prefeitura de Campo Grande, teve início ontem (13) à noite a 10ª edição do Festival do Peixe da Feira Central. Na abertura do evento, o prefeito Marquinhos Trad assinou um protocolo de intenções junto com o Iphan e o Sebrae, que prevê estudo para a revitalização desse local, que é um dos pontos turísticos mais visitados da capital do Mato Grosso do Sul. A feira foi totalmente reformada em outubro de 2006 mudando-se para a antiga Estação Ferroviária de Campo Grande.

Em seu discurso, o prefeito ressaltou a importância do espaço para a população. “Aprendi a frequentar a feira com a minha mãe, quando ela ainda funcionava na Padre João Crippa. A feira é definitivamente um local familiar. Esse espaço é nosso e de todos aqueles que amam a nossa cidade”.

A secretária Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), Nilde Brun, explica que esse protocolo é o primeiro passo do processo de melhoria da feira central. “Estudo do Sebrae mostrou que esse espaço daqui a três ou quatro anos poderá sofrer decadência caso não haja uma melhoria na estrutura física, principalmente. A ideia é unir forças, a prefeitura juntamente com o Iphan e Sebrae, para restaurar o que for necessário visando melhor desempenho tanto dos empresários que dependem da feira como um melhor acolhimento daqueles que vêm para a feira central”.

A presidente da Associação da Feira Central e Turística de Campo Grande – Afecetur, Alvira Appel, comemorou a novidade. “Essa revitalização vai atender a altura uma exigência qualificada dos nossos clientes”.

O 10º Festival do Peixe da Feira Central vai até domingo (16) com diversas atrações. A prefeitura participa com espaço onde está montado dois aquários e uma equipe de monitores que falarão sobre a piscicultura, sua importância, comercialização, produção, viabilidade e instalações.  Também estarão presentes o IBAMA e a Polícia Militar Ambiental (PMA).

Nesta sexta (14), a feira abriu às 12 horas. A maioria das barraquinhas vão apresentar pratos diversos feitos à base de peixe, além das comidas tradicionais já vendidas no local.

Veja Também
TRE realiza cadastro biométrico no prédio da FIEMS
Investigação sobre atropelamento em praia indica homicídio culposo
Tarifa de ônibus em Dourados sobe para R$ 3,30
No CCZ, 37 cães e 24 gatos estão à espera de um lar
MS teve último caso de febre amarela urbana em 1942, diz governo
Sexta, 19 de Janeiro de 2018 - 13h09Saiba onde CCR MSVia realiza obras e serviços a BR-163/MS Em caso de chuvas as obras poderão ser suspensas, retornando tão logo elas cessem
Congresso Brasileiro de Olericultura será em Bonito
Sexta, 19 de Janeiro de 2018 - 12h33Ministério da Educação reconhece 50 cursos de ensino superior Para solicitar reconhecimento do curso, é necessário que a instituição de ensino superior já tenha ministrado metade da carga...
Sistema Cooperativo participa do Showtec 2018
Agetran interdita diversas vias para realização de eventos
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento