Campo Grande • 03 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | terça, 18 de outubro de 2016 - 17h08Prefeitura define reajuste de tarifa de ônibus até meados de novembroDe 2015 para 2016, a passagem subiu o percentual de reajuste foi de 8,83%

(Foto: Arquivo Diário Digital)

O percentual de reajuste do transporte público urbano deverá ser apresentado até meados do mês de novembro pela prefeitura de Campo Grande. A informação consta de nota distribuída pelo município nesta terça-feira, 18 de outubro.  No ano passado, o reajuste foi aplicado em 19 de novembro. Neste ano, o índice poderá ser aplicado em data parecida. Atualmente, os valores são R$ 3,25, nas linhas convencionais, e R$ 3,95, nas executivas.

Conforme a prefeitura, a Agência de Regulação do Município (Agereg) já procedeu à abertura de processo administrativo para realizar os estudos que visam a obtenção do percentual de reajuste da tarifa do transporte coletivo. “Referido estudo tem, em geral, a duração de um mês, haja vista que necessita aguardar publicação de índices oficiais do período mais próximo a data do reajuste”, informa na nota.

Ainda de acordo com a prefeitura, sobre a elaboração da planilha, são levados em consideração: a variação percentual do preço do combustível, variação percentual do salário do motorista, tomando como base a Convenção Coletiva, variação do percentual do INPC acumulado, considerando a variação ocorrida no período compreendido entre a data de cálculo da tarifa em vigor e a data de elaboração do cálculo do reajuste, variação percentual do índice de veículos automotores, reboques e autopeças (IPCA-Oferta Global), considerando a variação ocorrida no período compreendido entre a data de cálculo da tarifa em vigor e a data de elaboração do cálculo do reajuste.

Também serão levados em conta  a variação percentual do índice de passageiros pagantes por quilômetro equivalente (IPKe), considerando a variação entre o IPKe médio dos últimos 12 meses que antecederam a fixação da tarifa em vigor e o IPKe médio apurado nos 12 meses anteriores à data de elaboração do cálculo do reajuste.

A prefeitura aguarda também o resultado do dissídio coletivo dos motoristas, cujo reajuste salarial tem previsão também no mês de novembro. De 2015 para 2016, a passagem subiu o  percentual de reajuste foi de 8,83%.

Em Campo Grande, o transporte público é explorado pelo Consórcio Guaicurus, que reúne as empresas Cidade Morena, São Francisco, Jaguar Transporte Urbano e Viação Campo Grande. O grupo atende a Capital com frota de 596 ônibus para transportar 230 mil passageiros por dia.

Veja Também
Governo quer parcerias para concluir Aquário do Pantanal
Bombeiros resgatam homem que estava perdido em mata
Após velório em estádio, corpos de heróis da Chapecoense seguem para suas cidades-natal
Legado dos Jogos Olímpicos reforça segurança de MS
Deficientes físicos cobram acessibilidade e saúde
Bolívia denuncia funcionária que revisou e autorizou voo da Chape
Escola General Osório recebe Selo de Qualidade da Água
Policiamento reforçado cobrirá todas as regiões da Capital
Deputado propõe Frente Municipal de combate ao Aedes aegypti
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento