Campo Grande •22 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Governo - Refis

Da redação | Sexta, 13 de Janeiro de 2017 - 14h40Prefeitura de Corumbá recupera o Beco da CandeláriaForam registrados cerca de 47, 7 mm de chuva em Corumbá, mais que a metade do esperado para janeiro

(Foto: Divulgação/Prefeitura da Corumbá)

Atendendo a uma determinação do Prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos deu início à recuperação do Beco da Candelária no Porto Geral de Corumbá, imediatamente após o temporal que atingiu a cidade na tarde de ontem (12/1/2016).
De acordo com informações, da estação de medição pluviométricas instalada na escola Almirante Tamandaré, foram registrados cerca de 47, 7 mm de chuva em Corumbá, mais que a metade do esperado para todo o mês de janeiro.

Caminhões e máquinas da Secretaria começaram os trabalhos sob a coordenação do Secretário de Infraestrutura Ricardo Amettla, que diagnosticou o problema como consequência do entupimento de uma galeria na rua Antônio João, ocasionando o transbordamento de grande volume de água que em poucos minutos arrastou e acumulou todo o material existente num depósito de entulhos na parte superior da encosta e de uma área localizada nos fundos do referido beco.

A força da água arrastou veículos e invadiu imóveis, espalhando lama e entulho pela rua. A rua de acesso ao bairro Beira Rio foi interditada para a ação de uma força tarefa da Prefeitura, realizando de imediato a limpeza e retirada de seis caminhões de entulho. A via já foi liberada para o trânsito normal, após alguns retoques pontuais realizados pela equipe da SEINFRA.

A ocorrência no Beco da Candelária foi a única registrada na área central de Corumbá, mas a Prefeitura ainda está atuando na parte alta da cidade, especialmente no Cristo Redentor, Guató e Conjunto Pantanal, onde houve muitos casos de alagamentos. “Ainda contabilizamos, durante esta sexta feira, a dimensão dos estragos causados pela chuva. O Prefeito Ruiter nos solicitou um relatório detalhado da situação e por isso continuamos monitorando os estragos. A dimensão da chuva foi muito forte num curto espaço de tempo e isso impactou o sistema de drenagem”, concluiu o secretário de Infraestrutura.

Equipes de Defesa Civil e engenharia estão avaliando a situação de segurança de duas casas no bairro Cervejaria, cujos moradores tiveram que sair e foram encaminhadas para o albergue municipal. Em conjunto com a Sanesul a Prefeitura também finaliza trabalhos no Cristo, Cravo Vermelho e Guató. 

(Com informações da prefeitura de Corumbá)

 

Veja Também
Anatel registra queda de 5,7% nas reclamações contra empresas de telecomunicação
Inscrições para residências Médica e Multiprofissional do HU-UFGD encerram-se sexta-feira
Submarino desaparecido está em fase
Carreta da Justiça realiza 1º Júri da história da comarca de Figueirão
Parada LGBT será realizada neste sábado na Capital
Quarta, 22 de Novembro de 2017 - 12h54Atenção motoristas: BR-163/MS passa por obras da CCR MSVia Em caso de chuva, as obras poderão ser interrompidas
Mega-Sena acumulada pode pagar prêmio de R$ 50 milhões nesta quarta
Programa Saúde do Homem e da Mulher Rural do Senar chega a Figueirão
Governo rescinde contrato com empresa que iniciou Aquário do Pantanal
Quarta, 22 de Novembro de 2017 - 11h06Matrícula Online 2018 da REME de Três Lagoas começa a funcionar nesta quarta-feira Lançamento oficial do sistema será na sexta-feira
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento