Menu
21 de janeiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Campo Grande

Obra começa e moradores de rua deixam viaduto

Prazo estipulado para eles deixarem o local em definitivo é até esta terça-feira (15)

14 Out2019Brenda Leite20h00
(Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

Na manhã desta segunda-feira (14),  equipes da Prefeitura de Campo Grande estiveram  no viaduto do cruzamento das avenidas Manoel da Costa Lima e Ernesto Geisel, onde deram início à limpeza das margens do Rio Anhanduí. No local vivem vários moradores de rua. Eles se abrigam em barracos improvisados feitos com cobertas e lençóis velhos.

Funcionários contratados pelo município começaram a limpeza com enxadas e tratores, recolhendo lixo espalhado pelos moradores. Também foram feitas valetas para a construção de um muro embaixo do viaduto.

Marcos é morador de rua e vivia no local. Segundo ele será difícil toda essa transição. “Estamos aqui há muito tempo, é difícil se acomodar em outro lugar. Não temos o barraco mais confortável do mundo mas, começar do zero não é fácil para ninguém”, desabafa. 

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura, Rudi Fiorese, foi feita uma proposta a essas pessoas oferecendo transporte até o Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante e População (Cetremi). A medida seria para evitar que a área volte a ser acampamento. No entanto os moradores de rua não aceitaram o atendimento  do município e permanecem em regiões próximas e espalhados

Durante a ação,  uma  equipe da Guarda Municipal acompanhou a ação de limpeza  e das primeiras intervenções para garantir a segurança dos trabalhadores.

Veja Também