Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Capital

Prefeitura afirma ter limpado área de antiga favela

Conforme o município, sujeira teria sido jogada pelos próprios moradores

19 Jun2017Mariel Coelho, em especial para o Diário Digital14h30

A situação onde antes era a favela Cidade dos anjos, e que hoje se tornou depósito de entulhos no jardim das hortências, vem causando transtorno para os moradores, isso porque além da sujeira no local, a presença de jovens usando drogas é frequente.

Em nota a Prefeitura de Campo Grande diz que a Emha realizou a limpeza no local, e que o lixo e a sujeira presentes devem ter sido jogadas pelos próprios moradores do bairro. E que Prefeitura, juntamente com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) tem intensificado a fiscalização da limpeza em terrenos baldios.

E neste caso se recomenda que se alguém notar algum cidadão jogando resíduos em local proibido deve denunciar a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista (Decat) pelo telefone (67) 3368-6144, que atende 24 horas.

Nota prefeitura

A Emha já fez a limpeza da área e, provavelmente, o lixo encontrado no local deve ter sido jogado pela própria vizinhança.

Neste caso, a Prefeitura recomenda que se algum cidadão surpreender outro descartando resíduos em local proibido ou terrenos baldios deve denunciar a infração penal junto à Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista (Decat) pelo telefone (67) 3368-6144, que atende 24 horas.

A delegacia está localizada na Avenida Duque de Caxias, dentro do Aeroporto Internacional de Campo Grande. Destaca-se, ainda, que é vedada a utilização de queimadas para a limpeza de terrenos, podendo os responsáveis pelas queimadas ser autuados no de acordo com o Código de Polícia Administrativa, sendo que a poluição provocada pelas queimadas também afeta a saúde da população.

Além disso, a Prefeitura, juntamente com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) tem intensificado a fiscalização da limpeza em terrenos baldios (Particulares) e a conscientização da população sobre o descarte de resíduos de forma consciente.

Veja Também

Internos concluem curso de Corte e Costura no interior
Governo Federal reconhece estado de emergência em 184 cidades
Ex-servidores do HU viram réus por desvio de dinheiro
Nova procuradora toma posse no MPT-MS
Mortos em acidente na BR são identificados
Falha em ônibus atingido por trem está sendo investigada
Projeto proíbe cobrança para religação de água e luz em caso de corte
TCU investigará se cobrança de bagagem barateou passagens aéreas
Ministério condena assédio de brasileiros a mulher na Rússia
Seminário discutirá correção monetária dos valores das modalidades licitatórias