Campo Grande •18 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner FM Cidade

Dayene Paz | Segunda, 7 de Agosto de 2017 - 11h46Prefeito acionará MPF sobre superlotação da Santa CasaPresidente da Santa Casa afirmou que o hospital está funcionando com regulação

  
(Foto: Luciano Muta)

O Prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), afirmou que acionará o Ministério Público Federal (MPF) sobre os portões fechados do Pronto Socorro da Santa Casa. “Para evitar que pessoas corram risco de perder a vida por falta de atendimento, visto que o hospital está com os portões fechados”, declarou.

Hoje, o presidente da Santa Casa, Esacheu Nascimento, afirmou que o hospital está funcionando com regulação. “Era o único hospital que mantinha os portões abertos para demanda espontânea, mas há cerca de um mês está com sistema de regulação, em comum acordo com a secretaria de saúde”, destaca. De acordo com o Esacheu, o paciente passa pela classificação e se não está em estado grave, é encaminhado a outras unidades. 

Ele afirma que mesmo a regulação acontecendo há um mês, o caos e transtornos dessa semana se deram devido a superlotação. “Essa semana houve uma superlotação, até mesmo as salas cirurgia foram utilizadas como UTI, porque os pacientes que foram operados não tinham leitos”, revela o presidente.

Prisão de funcionários - Sobre a detenção de dois funcionários no sábado, após um desentendimento com militares do Corpo de Bombeiros, o presidente afirmou que está tudo sendo apurado. “O Samu e bombeiros já estão orientados de que uma vez resgatado o paciente, é necessário entrar em contato com a central de regulação para pegar a senha. Nesse caso de sábado, o agente chegou aqui com a senha que não confere com a senha de regulação e o funcionário foi conferir. O bombeiro de forma impaciente pulou o portão o cadeado e entrou com o paciente”, conta. Segundo levantamento, desde quarta-feira, 312 pacientes deram entrada no hospital. 

Contrato – Segundo Esacheu, há um déficit financeiro de R$ 3 milhões e um contrato que a prefeitura de Campo Grande não quer assinar. “Desde dezembro estamos trabalhando sem um contrato com o município. Há uma questão de ordem financeira que precisa ser resolvida. É preciso trazer mais apoio para que a Santa Casa possa continuar atendendo a população com qualidade e de maneira eficiente”, relata.

O governador do Estado afirmou que o repasse da verba para a Santa Casa está sendo depositado em dia, mas a prefeitura afirma que há uma pendência de R$ 2,5 milhões que é da parte do Estado. 

Veja Também
Audiência debate políticas para pessoas em situação de rua
Universidade da Capital realiza Giro das Profissões
Quarta, 18 de Outubro de 2017 - 11h50Agetran interdita trânsito para obras de recapeamento Obra que faz parte do Complexo Mata do Jacinto Etapa D
CCJ reinicia hoje discussão sobre parecer que trata de denúncia contra Temer
Quarta, 18 de Outubro de 2017 - 10h30Ministério da Fazenda autoriza aumento das tarifas de serviços dos Correios Reajuste ocorre em duas parcelas
Quarta, 18 de Outubro de 2017 - 08h28Praça Ary Coelho recebe no sábado atividades visando à prevenção do câncer de mama Subsecretária de Políticas para Mulheres Carla Stephanini explica que evento leva aos munícipes informações de prevenção ao...
Incêndio no Parque das Várzeas do Rio Ivinhema já atingiu 18 mil hectares
Quarta, 18 de Outubro de 2017 - 07h54Ato em defesa do Sistema Único de Assistência Social acontece nesta quarta-feira Pela carta, valor orçamentário para 2018 deve respeitar o aprovado pelo Conselho Nacional de Assistência Social
Quarta, 18 de Outubro de 2017 - 07h18Capital poderá temperatura máxima de 36° Ocorrência de chuvas no período da tarde em todo o estado
Liminar garante atendimento de advogados no sistema penitenciário
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento