Menu
22 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Economia

Preços de produtos na saída das fábricas têm deflação de 0,99% em julho

Dado foi divulgado hoje (28), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

29 Ago2017Da Agência Brasil10h54

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que calcula a variação de preços dos produtos na porta de saída das fábricas, registrou deflação (queda de preços) de 0,99% em julho. A deflação é ainda mais elevada do que as registradas em junho deste ano (-0,20%) e em julho de 2016 (-0,57%). Essa é a maior queda mensal desde março de 2016 (-1,20%).

O dado foi divulgado hoje (28), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPP acumula deflação de 1,27% no ano. Em 12 meses, no entanto, o índice acumula inflação (alta de preços) de 1,11%.

Em julho, as indústrias extrativas tiveram queda de preços de 1,81%. Também tiveram deflação 18 das 24 atividades da indústria da transformação, com destaque para alimentos (-2%), refino de petróleo e produtos de álcool (-1,38%), outros produtos químicos (-1,42%) e metalurgia (-1,34%).

Seis atividades acusaram alta de preços em julho, entre eleas, a fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias (0,18%).

Entre as grandes categorias econômicas, apenas os bens de consumo duráveis tiveram inflação (0,19%). Os demais tiveram queda de preços: bens de consumo semi e não duráveis (-1,36%), bens intermediários, isto é, os insumos industrializados do setor produtivo (-1,05%), e os bens de capital (máquinas e equipamentos) (-0,62%).

Veja Também

Temperatura não passa de 25°
Índios de Dourados recebem equipamentos para a agricultura
Denatran suspende pagamento de multas com cartão de crédito ou débito
Projeto estabelece isenção de carência em planos de saúde
MPF denuncia sete por fraude em licitação no aeroporo da Capital
Procon recolhe produtos vencidos e abre processo contra rede de mercados
Pedidos de aposentadoria por telefone e internet
Trânsito CCR MSVia destaca operações pare-e-siga na BR-163/MS Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Nacional Mais 21 serviços no INSS poderão ser agendados pela internet Agendamento vai começar a partir de quinta-feira, 24 de maio
Taxa de inscrição no Enem deve ser paga até quarta-feira