Campo Grande •23 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Rota das Estações - Primavera

Da redação | Segunda, 21 de Agosto de 2017 - 10h59Prazo para agendar perícia termina hojeQuem não agendar a perícia terá o benefício bloqueado

Os convocados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm até hoje (21) para agendar a perícia de revisão do auxílio-doença. A marcação da consulta pode ser feita pelo telefone 135. Na página do Ministério do Desenvolvimento Social é possível conferir a lista com os nomes dos convocados.

A convocação tem como alvo beneficiários com os quais o INSS não conseguiu entrar em contato via Correios, devido a alguma inconsistência nos dados que resultou no retorno da correspondência.

Quem não agendar a perícia terá o benefício bloqueado. A partir do bloqueio, o convocado tem mais 60 dias para marcar a perícia e regularizar a situação. Com o agendamento dentro do prazo, o benefício é liberado até a realização da perícia.

Documentação - No momento da perícia, o segurado deve apresentar toda a documentação médica que justifique o recebimento do benefício, como atestados, laudos, receitas e exames.

Caso o segurado se encontre internado ou enfermo e não possa comparecer à perícia, deverá pedir a uma pessoa de sua confiança que informe, em uma agência do INSS, sobre o impedimento. É necessário que esse representante apresente a identidade do segurado e um documento que comprove o impedimento. Com isso, ele poderá solicitar uma perícia hospitalar ou domiciliar.

Pente-fino - O pente-fino adotado pelo governo federal faz parte de um processo de aperfeiçoamento da gestão dos programas sociais e benefícios. Até meados de julho, o MDS realizou quase 200 mil perícias em todo o País. Como resultado, 160 mil pessoas tiveram o benefício cancelado por não precisarem mais recebê-lo.

Além disso, outros 20,3 mil deixaram de ser concedidos às pessoas que não compareceram à perícia. Ao todo, 530 mil benefícios de auxílio-doença serão revisados, além de mais de um milhão de aposentadorias por invalidez.

Veja Também
Projeto facilita retirada de conteúdos da internet que induzam ao suicídio
Corumbá vai substituir nove mil lâmpadas comuns por LED
Parceria combate discriminação por orientação sexual
Nova espécie de aranha é descoberta em MS
Aviões militares dos Estados Unidos voam perto da Coreia do Norte
MPE investigará denúncia de corrupção na Câmara de Ivinhema
Prova para revalidar diploma de medicina obtido em outros países será amanhã
Governo promove palestra de prevenção ao suicídio para servidores
Três Lagoas implanta super antivírus para proteger dados
MPF denuncia seis pessoas por falsificação de documentos
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento