Menu
22 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Eleições 2016

Porto Murtinho terá transporte para eleitores da zona rural

Operação montada pela Justiça Eleitoral garantirá transporte dos eleitores que moram no Pantanal

1 Out2016Da redação09h30

Com apenas quatro seções eleitorais fora do perímetro urbano, o município de Porto Murtinho, localizado no extremo sudoeste de Mato Grosso do Sul, também terá uma logística diferenciada para as eleições deste domingo (2). A operação montada pela Justiça Eleitoral garantirá o transporte dos eleitores que moram no Pantanal e em pequenas propriedades situadas no planalto até os locais de votação, que totalizam 25 unidades na cidade.

O cartório eleitoral local estruturou dez rotas para atender o grupo de eleitores que vive em regiões isoladas e de difícil acesso, utilizando como meio de locomoção a frota de ônibus da prefeitura que atende os alunos da zona rural. “Temos uma vasta região de Pantanal, mas os acessos são por terra nessa época do ano de águas baixas. O que dificulta é a longa distância até as comunidades”, explica Caroline Arce Franco, chefe do cartório.

Neste domingo, funcionários do cartório e mesários se deslocam por mais de 340 quilômetros para a coordenação de três seções eleitorais na Reserva Indígena dos Kadiwéu. Na Aldeia Alves de Barros, distante 375 quilômetros da cidade, funcionarão as seções 19ª e 24ª, com um total de 371 votantes aptos. Sede da 20ª seção eleitoral, a Aldeia São João, distante 340 quilômetros, tem cadastro de 249 eleitores aptos, segundo o Tribunal Regional Eleitoral/MS. A quarta seção eleitoral não urbana (23ª) funcionará em uma escola na Colônia Cachoeira, distante 95 quilômetros de Porto Murtinho, às margens do Rio Apa.

Com 8.731 eleitores aptos – 53 a menos em relação às eleições de 2014, Porto Murtinho pertence à 20ª Zona Eleitoral, com 29 seções. Banhado pelo Rio Paraguai, o município pantaneiro é um dos mais distantes da Capital (443 quilômetros) e fica localizado na fronteira com o Paraguai.

Veja Também

ONU celebra suspensão de testes nucleares da Coreia do Norte
Mais de 1,4 mil travestis e transexuais pediram nome social no título
Obra de drenangem interdita trecho da Leão Neto na segunda-feira
Ponte de concreto para substituir a que caiu está 91% concluída
Confira os 12 erros mais cometidos na Declaração do IR
Tribunais e cartórios de MS serão inspecionados
Usando arte, evento alerta contra a cultura do estupro
Homem morre afogado após veículo cair em rio
Aposta feita em Brasília fatura mais de R$ 9 milhões na Mega-Sena
Fiocruz fabricará remédios contra HIV e hepatite C para ofertar no SUS