Menu
24 de setembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Victor Center
Serviço Público

Pontos eletrônicos nas UPA´s da Capital

Previsão é de que o sistema esteja funcionando integralmente em até 60 dias

16 Abr2018Da redação18h33

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), iniciou nesta segunda-feira (16) o processo de implantação do sistema biométrico de registro eletrônico de ponto para os servidores da Saúde nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Centros Regionais de Saúde (CRSs).  A previsão é de que o sistema esteja funcionando integralmente em até 60 dias.

Além das unidades 24 horas, pontos eletrônicos estão sendo instalados na sede administrativa da SESAU e até o próximo mês devem contemplar o Laboratório Central, Centro de Especialidades Médicas (CEM), Almoxarifado, Vigilância Sanitária, entre outros setores da pasta.

As três primeiras  unidades a receberem os equipamentos foram: UPA Leblon, UPA Santa Mônica e UPA Vila Almeida. Até o fim do mês, o sistema deve ser instalado nas 10 unidades da Rede de Urgência e Emergência. Cada unidade atende uma média de 350 a 400 pacientes por dia.

Ao todo, 25 pontos eletrônicos serão instalados nas unidades SESAU e o investimento é de aproximadamente R$145 mil.

Paralelamente a instalação dos aparelhos, será iniciado o processo de cadastramento digital dos servidores visando a preparação técnica dos equipamentos e alimentação do sistema com os dados do funcionalismo municipal.

Para o secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, a medida visa dar mais segurança e transparência no controle de frequência dos servidores e atende uma necessidade imposta pelos órgãos fiscalizadores há anos.

“Esperamos que a medida traga mais segurança e transparência aos serviços, de modo a melhorar o atendimento à população, que é o nosso maior objetivo”, ressaltou o secretário.

O novo sistema, todo digital, substitui o manual e gera inúmeras vantagens ao setor de recursos humanos e aos servidores. O ponto biométrico digital é a evolução do cartão ponto.

O sistema é moderno, atualizado e de segurança. Para a implantação, os servidores precisaram cadastrar as digitais junto com a numeração do PIS, de modo que o aparelho possa fazer o reconhecimento de cada um deles.

O secretário destaca ainda que além de agilizar os processos administrativos, o ponto eletrônico trará benefícios para gestão em vários aspectos.

“O sistema deve permitir ao setor de gestão de pessoas o benefício de possuir ferramentas que agilizem os processos da folha de pagamento, controle de horas trabalhadas, horas extras, entre outro” explica.

A SESAU conta em seu quadro de pessoal com aproximadamente 6,8 mil servidores e a medida deve atingir inicialmente 30% deste quantitativo e posteriormente, com a instalação de outros parelhos, irá abranger a totalidade.

Veja Também

População de rua deve ficar fora do Censo 2020
Doação de órgãos é tema de evento do HU-UFGD na próxima semana
Aposta mineira fatura bolada sozinha
Projeto garante direito de criança visitar pais internados em hospital
Projeto dá prazo para hospitais notificarem violência contra mulher
Inscrições para Casamento Civil Comunitário vão até 28 de setembro
Estágio após conclusão do curso de Direito pode ser limitado a dois anos
Horário de verão pode ser proibido em todo o País
Após 46 anos, casal oficializa união na Carreta da Justiça
Multas por uso de celular ao volante crescem 33% em 2018