Campo Grande •19 de Outubro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Rota das Estações - Primavera

Da redação | Sábado, 12 de Agosto de 2017 - 17h18Ponte na MS-386 em Japorã vai integrar assentamentos, aldeias e distritosEstado prevê investir mais de R$ 104 milhões em 90 pontes de concreto em 39 municípios

A ponte de concreto armado que o Governo do Estado constrói sobre o córrego Japorã, na MS-386, vai integrar uma região composta por assentamentos, aldeias e distritos. A afirmação é do prefeito Vanderlei Bispo, que revelou a importância da travessia.

“Traz um benefício enorme e acaba com o problema da ponte de madeira que tínhamos numa região com muitos assentamentos, aldeias indígenas e distritos. A ponte está pronta. Para entregar a construção só precisa parar de chover para a empresa fazer o aterro”, explicou o prefeito.

A travessia de concreto possui 20 metros de comprimento por seis de largura. Na obra, o Governo de Mato Grosso do Sul investe mais de R$ 1 milhão, conforme dados da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul).

Para o governador Reinaldo Azambuja, a construção objetiva o desenvolvimento e o progresso de Japorã. “Pontes são alternativas de transporte e produção”, afirma o gestor. Segundo ele, o Estado prevê investir mais de R$ 104 milhões em 90 pontes de concreto em 39 municípios de Mato Grosso do Sul.

“Dessas 90 pontes, 31 já entregamos, 21 estão em execução e outras 38 passam por processo de licitação. Vamos totalizar o maior número de pontes de concreto já construídas em Mato Grosso do Sul. Isso significa desenvolvimento, progresso e, principalmente, integração entre nossos municípios”, pontuou o governador.

Regiões

As pontes pensadas pelo Governo do Estado para promover a integração dos municípios vão atender várias regiões do Estado. Na região de Campo Grande será beneficiado o municípios de Dois Irmãos do Buriti. Na Grande Dourados são contemplados Caarapó, Deodápolis, Glória de Dourados, Jateí, Maracaju e Rio Brilhante. No Bolsão são beneficiados Cassilândia, Chapadão do Sul, Paraíso das Águas e Paranaíba. Na região do Cone Sul, estão relacionados Eldorado, Iguatemi, Japorã, Juti e Naviraí.

Na região do Pantanal, os municípios irmãos Anastácio e Aquidauana são contemplados. Na região Leste as pontes de concreto chegam a Batayporã, Ivinhema e Novo Horizonte do Sul. Já na Norte Camapuã, Costa Rica, Rio Negro e Rio Verde de Mato Grosso são atendidos. Na região Sudoeste são contemplados os municípios de Bela Vista, Bodoquena, Guia Lopes da Laguna, Jardim e Nioaque. E, na região Sul Fronteira são Amambai, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Laguna Carapã, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas e Tacuru.

Veja Também
Assassino de musicista responderá por feminicídio
Nuzman, Cabral e mais quatro denunciados por corrupção na Rio 2016
Comissão de Defesa da advocacia publicista completa 100 dias
Enfermeiros tomam as ruas e pedem para trabalhar
Em MS, presidiários poderão pagar pela própria tornozeleira
Em Três Lagoas, Cras promove mapeamento socioterritorial
Voo com tripulação Rosa e 100% feminina pousa em Campo Grande
Estudantes participam das Feiras de Ciência e Tecnologia do IFMS em 10 cidades
Três Lagoas: vacinação de cães e gatos continua no sábado
Detran pode leiloar dois mil veículos apreendidos
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento