Menu
19 de novembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner - AL/MS - Campanha Mudanças
Proposta

Prefeito tem 15 dias para avaliar Plano Diretor

Após aprovação, Câmara faz entrega oficial da proposta para Marquinhos Trad

10 Nov2018Da redação13h20

 A Prefeitura terá 15 dias úteis para dar um parecer sobre a proposta entregue. Caso haja alterações, o Plavo volta para a Câmara, onde passa por nova análise. “Se voltar para a Câmara, é porque teve vetos. Se entendermos procedentes, manteremos o veto, ou não. Isso é um rito, é natural”, esclareceu. Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande oficializaram, nesta sexta-feira (09), a entrega oficial do PDDUA (Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental de Campo Grande) ao prefeito da Capital, Marquinhos Trad. A proposta, aprovada com 156 emendas no último dia 1º, foi amplamente discutida em audiências e reuniões durante o ano.

Trad recebeu o projeto em mãos, das mãos do presidente da Câmara, vereador Prof. João Rocha, reforçou que as emendas apresentadas enriqueceram o projeto elaborado pelo Executivo.“São 156 emendas que enriqueceram o Plano, que deram valor ao documento nas áreas de habitação, saúde, educação, segurança pública, mobilidade urbana e outras. O Plano é elaborado para a área urbana e rural de nossa cidade e foi feito em conjunto com os técnicos da Câmara e da Prefeitura. Creio que entregamos uma ferramenta bastante enxuta e com musculatura”, afirmou.

A proposta  trata das normas para expansão e organização da cidade para os próximos 30 anos, no que se refere ao meio ambiente, urbanismo, sustentabilidade e uso e ocupação do solo. Foram realizadas 69 reuniões públicas em 69 bairros ouvindo 908 pessoas, além de consultas pela internet e aplicação de formulários. Ainda, foram promovidas 12 audiências públicas com 683 participantes, reuniões com instituições e ampla discussão no Conselho Municipal de Urbanização. 

Ainda, a Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final promoveu audiências públicas para debater todos os tópicos abrangidos pelo Plano Diretor. Discutiu-se meio ambiente, habitação, mobilidade urbana, patrimônio cultura, transporte coletivo, sustentabilidade, e também as alterações sugeridas pelo Ministério Público no que concerne a planejamento urbano, meio ambiente e formas de tornar a cidade mais homogênea em relação a desenvolvimento. 

 

Veja Também

Ninguém acerta a Mega-Sena e prêmio acumula
MP aciona Justiça para que loteamento tenha estrutura adequada
Pessoas que lutam contra o racismo receberão comenda na ALMS
Medida Provisória redistribui arrecadação de loterias no Brasil
Região sul do Estado terá queda de temperatura
Associação Médica critica 'retaliação' cubana ao Mais Médicos
EUA elogiam postura de Bolsonaro na questão do Mais Médicos
Laboratório de Zoologia adquire réplicas de espécies pré-históricas
Simpósio vai reunir 17 renomados profissionais da Saúde
Tribunal decreta luto pela morte de desembargador