Campo Grande •24 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo - Governo Presente - Matrícula

Giselli Figueiredo, de Aquidauana, em colaboração para o Diário Digital | Sexta, 15 de Setembro de 2017 - 17h16Policiais de folga salvam vida em resgate dramáticoVítima entrou em desespero, após cair de sete metros de altura no rio Salobra

  
(Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)
  • (Foto: Divulgação)

Existe um dizer: “Policial nunca está de folga, ele sempre está à paisana”, em referência as ações de policiais mesmo no momento que estão desfrutando de lazer com a família, de férias, num shopping, sempre com olhar atento o que acontece a sua volta.

E com esse pensamento, dois policiais do 7º Batalhão de Polícia Militar de Aquidauana, mesmo de folga com a família em um dos balneários na cidade de Bodoquena, no último sábado (09), presenciaram um acidente envolvendo uma turista que, no momento que saltava de tirolesa, se desequilibrou e caiu de mau jeito, batendo o tórax e o rosto na água, antes do local determinado.

A vítima entrou em desespero, já que sofreu uma queda de aproximadamente 7 metros de altura no rio Salobra, em um local de mais ou menos 5 metros de profundidade. O Cabo PM Douglas dos Santos e o Soldado PM Miguel Neto, que pertencem a ROTAI, imediatamente pularam no rio junto com salva-vidas do balneário no intuito de salvar a mulher.

Segundo relato dos militares apesar de ser um local apropriado para visitação e banho, por conta do susto, a vítima na ânsia de se salvar, se segurou neles, mas acabava puxando-os para dentro da água. O resgate segundo eles foi dramático, já que a família da mulher entrou em desespero, o que aumentou a tensão no local.

Com todo preparo técnico, conversaram com a vítima e a acalmaram, retirando ela da água e levando para a margem em segurança. Os policiais então improvisaram uma espécie de prancha utilizando três boias de banhistas para imobiliza-la, para que equipes de apoio do local fizesse o atendimento.

O Diário Digital entrou em contato com o proprietário do balneário e ele confirmou o fato. Disse que prestou todo atendimento necessário à família. Disse ainda que possui todos os alvarás de funcionamento que um local do porte do balneário necessita para oferecer atividades para turistas.

A mulher e sua família são do Distrito de Sanga Puitã, em Ponta Porã, e estavam na região para participar do casamento de um parente na cidade de Anastácio. No retorno para sua casa, acabou sentindo fortes dores e em atendimento no Hospital Santa Rita em Dourados, foi constatada uma fratura no tórax, ficou em observação por algumas horas e não corre risco.

Os policiais mesmo de folga, fizeram jus ao lema da Polícia Militar, que é servir e proteger, mesmo colocando em risco a própria vida, deixando seus familiares e salvando a vida do próximo.

Veja Também
Anatel começa a bloquear celulares piratas em maio de 2018
TRF determina que esposa de Cabral volte para a prisão
Argentina investiga suposta explosão próximo a submarino
Dourados receberá R$ 7,3 milhões para Avenida Weimar Torres
Acusado de matar segurança vai a júri nesta sexta
Projeto Emagrece CG realiza ação neste sábado para combater obesidade
Semed abre pré-matrícula para alunos novos de escolas integrais
Baile dos idosos se despede do ano com show do grupo Pantaneiros
Quinta, 23 de Novembro de 2017 - 12h50CCR MSVia dá sequência a obras e serviços na BR-163/MS Em caso de chuva, as obras poderão ser interrompidas
Alunos de 3 escolas do Sesi de MS embarcam para Torneio de Robótica em Goiás
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento