Menu
24 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Operação Barba Negra

Polícia Federal faz operação contra sites ilegais de filmes

Com a ajuda da Interpol, os sites Armagedomfilmes.biz, Filmesonlinegratis.net e Megafilmeshd20.org foram retirados do ar

13 Out2016Da redação com Agência Brasil11h37

A Polícia Federal deflagrou hoje (13) uma operação para desarticular organização que disponibilizava filmes na internet sem pagamento de direitos autorais. Cinco pessoas foram presas e um homem está foragido.

Esta é a segunda fase da Operação Barba Negra. Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de Sorocaba, em São Paulo, Minas Gerais, Paraíba e Pernambuco.

Com a ajuda da Interpol, os sites Armagedomfilmes.biz, Filmesonlinegratis.net e Megafilmeshd20.org foram retirados do ar. Juntos, eles disponibilizavam 11 mil títulos emstreaming, ou seja, para assistir online.

Os três sites recebiam 768 milhões de visitas por ano, com acessos partindo do Brasil, Portugal, Japão e outros países. Segundo a PF, os sites conseguiam receita com propaganda “comparável a grandes portais legítimos”.

Os investigados responderão por crimes de constituição de organização criminosa, com pena de três a oito anos e multa, e de violação de direitos autorais, com pena de dois a quatro anos e multa.

Veja Também

Lei que dá desconto no IPTU a quem instalar câmeras é promulgada
Parque da Capital é fiscalizado após denúncia popular
Canditados já podem conferir se tiveram ou não isenção no Enem
Em Três Lagoas, artesãos serão cadastrados e receberão carteirinha
OAB-MS acionará CNJ contra obrigação de digitalizar processos
Vale Universidade Indígena convoca pré-habilitados para nova etapa
Governo premiará servidores que desenvolvem boas práticas no serviço público
Economia Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado Valor da parcela mínima será de R$ 50,00 para o microempreendedor individual
Moringa pode purificar a água e ainda combater a desnutrição pelo mundo
Secretário fala de ações do Estado para reforçar a segurança na fronteira