Menu
22 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
EUA

Polícia americana prende suspeito de ter matado cinco pessoas em shopping

FBI informou que não tem nenhuma indicação de que o suspeito tenha agido por motivações terroristas

25 Set2016Da Agência Brasil08h47

A polícia do estado norte-americano de Washington prendeu ontem (24) à noite um homem de 20 anos, suspeito de ter atirado e matado cinco pessoas no shopping Cascade Mall, em Burlington, a 105 quilômetros de Seattle, capital estadual.

Identificado como Arcan Cetin - um imigrante turco com nacionalidade norte-americana - o suspeito entrou com um rifle no shopping sexta-feira (23) à noite , na hora do maior movimento, e dirigiu-se para a área de cosméticos da loja Macy's, onde atirou e matou quatro mulheres. Um homem, também atingido pelos tiros, morreu no dia seguinte em um hospital. O motivo do crime não foi revelado pela polícia.

Depois dos tiros, o suspeito fugiu. Em desespero, os clientes se esconderam em banheiros e vestiários das lojas. Enquanto vasculhava todas as áreas do prédio, a polícia aconselhava às pessoas que ainda estavam escondidas que fossem imediatamente para casa e evitassem sair. O episódio ocasionou uma investigação policial em busca do suspeito, que envolveu não só a policia estadual como também o FBI (polícia federal dos Estados Unidos) devido à possibilidade de o ataque ter sido planejado por terroristas. Ontem de manhã, o FBI informou que não tem nenhum indicação de que o suspeito tenha agido por motivações terroristas. À noite, porém, ao dar a informação sobre a prisão do suspeito, a policia local informou que não descarta ainda nenhuma hipótese como motivação para o ataque realizado no shopping.

Arcan Cetin, morador de Oak Harbor, situada a 32 quilômetros do shopping Cascade Mall, onde ocorreu o crime, foi preso quando caminhava por uma de sua cidade aparentemente desnorteado. Ele estava desarmado e não resistiu à ordem de prisão.

O suspeito foi preso depois que a polícia analisou as imagens do shopping e identificou o carro do atirador. Além disso, a polícia recebeu informações sobre a presença do suspeito na cidade onde mora. Segundo policiais que acompanham as investigações, Arcan Cetin já tinha sido preso antes por assalto. Não deram detalhes sobre as vítimas e nem sobre a data desse assalto.

Veja Também

ONU celebra suspensão de testes nucleares da Coreia do Norte
Mais de 1,4 mil travestis e transexuais pediram nome social no título
Obra de drenangem interdita trecho da Leão Neto na segunda-feira
Ponte de concreto para substituir a que caiu está 91% concluída
Confira os 12 erros mais cometidos na Declaração do IR
Tribunais e cartórios de MS serão inspecionados
Usando arte, evento alerta contra a cultura do estupro
Homem morre afogado após veículo cair em rio
Aposta feita em Brasília fatura mais de R$ 9 milhões na Mega-Sena
Fiocruz fabricará remédios contra HIV e hepatite C para ofertar no SUS