Menu
21 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Crime ambiental

Fazendeiro multado por construir estrada degradando matas ciliares

Atividades foram interditadas pela Polícia Militar Ambiental

14 Set2016Da redação10h28

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Aquidauana realizava fiscalização ontem (13), na região do Distrito de Piraputanga, localizado a 40 km da cidade de Aquidauana e localizou uma estrada que fora construída, degradado as matas ciliares do córrego Benfica (área de preservação permanente – APP). No local, o proprietário da fazenda realizou com uso de máquinas, a limpeza com derrubada da vegetação de uma área para estrada, inclusive, com remoção de solo degradando à margem do córrego. A atividade fora realizada sem autorização ambiental.

As atividades foram interditadas e o infrator, de 70 anos, residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um plano de recuperação da área degradada (PRADE).

Veja Também

Agetran alerta para interdições em vias neste sábado e domingo
Idosa sofre com adiamentos de cirurgia
Trabalhador fica preso em ferragens após acidente em rodovia
Governo revitaliza asfalto de três rodovias estaduais
Justiça Federal torna Cabral réu pela 23ª vez na Lava Jato
Prefeitura convoca mais 70 médicos inscritos na cadastro temporário
Em MS Atenção motoristas: BR-163/MS passa por obras da CCR MSVia Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Drone e ferramentas artesanais fazem sucesso na 3ª edição da Tecnofam
UFMS Acadêmicos da UFMS fecham portões e esperam por reitor Estudantes querem que o curso de Licenciatura em Educação no campo continue na faculdade
Tribunais e cartórios de MS serão inspecionados