Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Crime ambiental

PMA autua arrendatário em R$ 10 mil por desmatamento de matas ciliares

Degradação era realizada para a agricultura, e as atividades foram interditadas e a máquina foi apreendida

9 Set2017Da redação13h21

Durante fiscalização ambiental em propriedades rurais do município em uma fazenda depois da praça de pedágio da BR 163, nas proximidades do Distrito de Anhanduí, Policiais Militares Ambientais de Campo Grande constataram ontem (8) à tarde, em uma fazenda, o desmatamento ilegal de matas ciliares (Área de Preservação Permanente - APP) de córrego que corta a propriedade, sem autorização.

O arrendatário da fazenda estava usando uma máquina e já havia derrubado uma área de 1,5 hectare de matas ciliares do curso d’água sem autorização ambiental. Ele também arava a terra à margem do pequeno córrego e ainda havia aterrado parte do leito (crime ambiental). A degradação era realizada para a agricultura. As atividades foram interditadas e a máquina foi apreendida.

O infrator (24), residente em Sidrolândia, foi autuado administrativamente e multado em R$ 10.000,00. Ele foi notificado a apresentar junto ao órgão Ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

Veja Também

'Woop Sicredi' para o público conectado
Câmara quer pressa em apreciar alterações
Programa Jovens Embaixadores recebe inscrições a partir desta terça
Clima Manhãs frias e tardes quentes Dias devem permanecer com temperatura em elevação
Sitiante é autuado por manter macaco-prego em cativeiro
Anvisa suspende venda de fraldas Huggies Turma da Mônica
Colisão frontal mata duas pessoas em rodovia
Simted rejeita proposta feita pela prefeitura de Corumbá
Governo do Estado promove 113 PMs a sargento
Campanha do Agasalho do Judiciário é prorrogada até o dia 10 de julho