Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Crime ambiental

PMA apreende carreta com 28 toneladas de agrotóxicos

Sem licença ambiental, empresa também foi autuada e multada em R$ 15 mil

22 Set2016Da redação13h32

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande apreenderam na BR 163, na tarde de ontem (21), durante fiscalização no município, um caminhão Scania com uma carreta acoplada, com carga de agrotóxico ilegal. O veículo pertencente a uma empresa com domicílio jurídico na cidade de Corumbá transportava 28.448 kg de agrotóxicos da marca Betuflex, sem a licença ambiental necessária para o transporte do produto. A carga seguia da cidade de Paulínia (SP) para a cidade de Puerto Soares na Bolívia.

O produto perigoso e o veículo foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil – DEPAC, do bairro Piratininga, na Capital. O motorista e os responsáveis pela empresa responderão por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção. Poderão responder por crime ambiental de transporte de produto perigoso, com pena de uma a quatro anos meses de reclusão. A empresa também foi autuada administrativamente e multada em R$ 15.000,00.

Veja Também

Internos concluem curso de Corte e Costura no interior
Governo Federal reconhece estado de emergência em 184 cidades
Ex-servidores do HU viram réus por desvio de dinheiro
Nova procuradora toma posse no MPT-MS
Mortos em acidente na BR são identificados
Falha em ônibus atingido por trem está sendo investigada
Projeto proíbe cobrança para religação de água e luz em caso de corte
TCU investigará se cobrança de bagagem barateou passagens aéreas
Ministério condena assédio de brasileiros a mulher na Rússia
Seminário discutirá correção monetária dos valores das modalidades licitatórias