Menu
21 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Em MS

Pistoleiros descem de carro, interrompem jogo e executam jovem

Familiares da vitima, disseram que pistoleiros podem ter executado o jovem por engano

16 Fev2017Da redação10h14

Um jovem identificado como Cristian Ortis Sanches, 22, foi executado a tiros de pistola calibre 380 no início da noite de quarta-feira, dia 15 de fevereiro, durante uma partida de vôlei que estava sendo realizada na rua Rosa Azul no Bairro Jardim das Rosas em Ponta Porã, cidade localizada na fronteira com Paraguai.

Conforme testemunhas que presenciaram a cena, grupo de pistoleiros desceu de dois veículos e anunciou que seriam da polícia, mandando com que as pessoas deitassem no chão.

Logo depois eles começaram a perguntar o nome de cada um, até a execução de Cristian.

Familiares da vitima, disseram que os pistoleiros podem ter executado o jovem por engano.

Policiais civis do SIG (Serviço de Investigações Gerais) da segunda delegacia de policia investigarão o caso a fim de identificar as causas e os autores do homicídio.

Veja Também

ONU celebra suspensão de testes nucleares da Coreia do Norte
Mais de 1,4 mil travestis e transexuais pediram nome social no título
Obra de drenangem interdita trecho da Leão Neto na segunda-feira
Ponte de concreto para substituir a que caiu está 91% concluída
Confira os 12 erros mais cometidos na Declaração do IR
Tribunais e cartórios de MS serão inspecionados
Usando arte, evento alerta contra a cultura do estupro
Homem morre afogado após veículo cair em rio
Aposta feita em Brasília fatura mais de R$ 9 milhões na Mega-Sena
Fiocruz fabricará remédios contra HIV e hepatite C para ofertar no SUS