Campo Grande •23 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do Estado - Campanha Mudança - Educação

Agência Brasil | Terça, 5 de Setembro de 2017 - 16h59PF contém fraude que causou R$ 10 milhões de prejuízo à PrevidênciaINSS deverá suspender o pagamento de 109 benefícios

(Foto: Reprodução/Internet)

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deverá suspender o pagamento de 109 benefícios, submetendo-os a procedimento de auditoria. Suspeita-se que tais benefícios façam parte de um esquema de fraude previdenciária que causou prejuízo de R$ 10 milhões à instituição. O anúncio foi feito hoje (5) pela Polícia Federal, que integra a Força-Tarefa Previdenciária junto com a Secretaria de Previdência e o Ministério Público Federal (MPF).

A força-tarefa deflagrou na manhã desta terça-feira a Operação Fantôme, com a finalidade de reprimir crimes previdenciários. Ao todo, foram cumpridos 14 mandados judiciais: dois de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão, além do sequestro de bens imóveis e de veículos em poder dos principais investigados.

Segundo a Polícia Federal, as investigações começaram em 2012. Os criminosos falsificavam documentos públicos para receber benefícios de Amparo Social ao Idoso. Os pagamentos eram feitos a pessoas fictícias, daí o nome da operação, Fantôme, fantasma em francês. Além de criar beneficiários fantasmas, o grupo recebia indevidamente benefícios previdenciários após o falecimento do segurado.

A organização criminosa contava com o apoio de um funcionário de uma instituição bancária em Timbiras, no Maranhão, e outro da agência dos Correios em Codó, no mesmo estado. Eles eram responsáveis pela abertura de contas correntes, realização da prova de vida e renovação de senha bancária. Fazia parte, ainda, um servidor do INSS, atualmente aposentado, além de intermediários e agenciadores.

Os investigados presos serão indiciados pelos crimes de estelionato previdenciário, organização criminosa e lavagem de capitais. A operação foi realizada nas cidades de Codó, Timbiras, Coroatá, Presidente Dutra e São Luis, no Maranhão, e em Teresina, capital piauiense.

Veja Também
Mau tempo e desorientação espacial provocaram acidente que matou Teori
Abertas inscrições para aulas gratuitas de Ballet Clássico
Governadora recebe Pedro Chaves e discute Lei do Pantanal
Em MS, mais de 6,6 mil já se cadastraram para receber alerta de desastres
Moro pede que PF justifique uso de algemas durante transferência de Cabral
Déficit da Previdência equivale a 2,8% do PIB
Recuperação da MS-338 começa e tráfego deve ser restabelecido em 10 dias
Segunda, 22 de Janeiro de 2018 - 12h50CCR MSVia dá sequência a obras e serviços na BR-163/MS Em caso de chuvas as obras poderão ser suspensas, retornando tão logo elas cessem
98 cãezinhos e gatinhos ganharam novo lar em dia especial no CCZ
Governo lança mais de R$ 5 milhões em licitações para dois municípios e um distrito
Square notícia uci
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento