Menu
21 de setembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Meio Ambiente

Pescador é multado em R$ 3,6 mil por captura e transporte de pescado ilegal

Homem transportava pescado abaixo da medida e acima da cota permitida por lei

12 Set2019Da redação18h52

A Polícia Militar Ambiental de Dourados foi acionada pela Polícia Civil de Maracaju e autuou hoje (12), um pescador amador por capturar e transportar pescado abaixo da medida e acima da cota permitida por lei.

O infrator (42) havia sido preso pela Polícia Civil de Maracaju na noite de ontem (11), quando voltava de uma pescaria e, em seu veículo, que puxava uma carreta com embarcação e motor, foram encontrados 29 kg de pescado, que ele havia capturado no rio Brilhante, havendo exemplares abaixo da medida permitida pela legislação e ainda excedia a cota de captura que é de 5 kg mais um exemplar e cinco piranhas por pescador. O pescado e o veículo foram apreendidos.

O infrator, residente em Maracaju, recebeu voz de prisão e foi conduzido pelos Policiais Civis à Delegacia de Maracaju, onde foi autuado em flagrante e responderá por crime ambiental de pesca predatória, com pena prevista de um a três anos de detenção.

A Polícia Militar Ambiental o autuou administrativamente e aplicou multa de R$ 3.570,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Veja Também

Cooperativa Sicredi inaugura nova agência em Nioaque
MS será o primeiro a universalizar tratamento sanitário, anuncia governador
Combate aéreo e terrestre tenta extinguir fogo na Caiman
Sessão solene comemora o Dia de Cultura de Paz na segunda
Energisa realiza ações de manejo no Dia da Árvore na Capital
Menina de 8 anos morre vítima de bala perdida no Complexo do Alemão
Parque da Capital poderá receber piscina olímpica
Blitz do Balanço Geral MS agita Centro da Capital
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 38 milhões
PMA autua pecuaristas em R$ 318 mil por desmatamentos ilegais