Menu
26 de março de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega banner segov dengue
Meio ambiente

Apreendidas redes, barco e motor

Polícia Militar Ambiental prende infrator por pesca predatória, apreende 21 kg de pescado

16 Mar2019Laureano Secundo07h03

Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado prenderam um pescador por pescar com redes de pesca (petrechos proibidos). Ele pescava no rio Paraná e foi surpreendido no momento em que conferia as redes de pesca armadas no rio. Dois peixes (1 kg) que tinham sido retirados das redes e que estavam vivos foram soltos. As redes utilizadas na pescaria ilegal foram apreendidas.

O pescador (47), residente Selvíria, foi autuado administrativamente e multado em R$ 700,00. Ele responderá por crime ambiental de pesca predatória. A pena é de uma a três anos de detenção.

Durante a detenção do pescador, dois infratores que estavam em outra embarcação do outro lado do rio pescando com redes, fugiram pela mata ao avistar os Policiais. A equipe realizou diligências, mas não encontrou os pescadores. Foram apreendidos um barco e um motor de popa, além de 20 kg de pescado e redes de pesca abandonados pelos infratores.

Os pescadores fugitivos, se identificados, serão autuados administrativamente e multados entre R$ 700,00 e R$ 100.000,00 cada um e responderão pelo crime de pesca predatória. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

Felizmente a PMA prendeu os elementos no início da pescaria, haja vista que esses petrechos têm grande poder de captura e dizimação de cardumes e a rapidez possibilitou que os infratores tivessem matado apenas 20 kg de pescado.

Veja Também