Campo Grande •27 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital | Segunda, 19 de Setembro de 2016 - 14h10Penitenciária de Naviraí passa por reformas após rebeliãoInternos estão ajudando, com o objetivo de reduzir custos

As instalações elétricas e hidráulicas foram e estão sendo refeitas, vários setores já estão funcionando, como os consultórios médico e dentário.
As instalações elétricas e hidráulicas foram e estão sendo refeitas, vários setores já estão funcionando, como os consultórios médico e dentário. (Foto: Divulgação/Agepen)

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública e da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), está trabalhando na reestruturação da Penitenciária de Naviraí, que teve vários setores destruídos durante a rebelião ocorrida no dia 4 de agosto.

Já está em andamento à troca de alambrados por muros e a reforma das paredes e tetos e foi implantado o uso de uniforme por todos os presos, além-designação de mais servidores para cobrir as escalas de plantão, através do pagamento de horas extras.

O diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, diz que a reestruturação da unidade prisional está ocorrendo por etapas, conforme as possibilidades de segurança e dentro de uma programação pré-estabelecida.

Segundo ele, a prioridade após a rebelião foi o restabelecimento do fornecimento de água potável, que ocorreu nos dias seguintes à situação de crise, com trabalho realizado pela Sanesul. “Nós também providenciamos a troca da bomba do poço artesiano, já que a reforma traz demanda maior de água”, explica. “Também fornecemos cobertores e kits de higiene aos detentos”, completa.

O dirigente ressalta que “As instalações elétricas e hidráulicas foram e estão sendo refeitas, vários setores já estão funcionando, como os consultórios médico e dentário, devendo, neste início de semana, voltar a funcionar a sala da OAB, com atendimento a internos por advogados”, informa.

Devido à necessidade de urgência para que os reparos sejam feitos, parte da compra dos materiais utilizados na obra já foi feita por ata de registro de preço e outra parte está se dando por compra direta. “Também estamos utilizando mão de obra dos próprios internos, com o objetivo de reduzir custos”, ressalta o dirigente.

Conforme Stropa, apesar de a visitação de familiares estarem impedida no momento, todos os que procuram a unidade estão recebendo informações sobre seus parentes presos, através da equipe de servidores da penitenciária. Também está sendo permitida a entrega de medicamentos e pertences, apesar de a Secretaria Municipal de Saúde ter fornecido remédios de uso contínuo ao presídio e todos os internos já terem recebido kits de higiene e cobertores providenciados pela Agepen.

“O engajamento de todos os servidores da unidade e o esforço do diretor Rogério Capote, além do auxílio sempre presente do Poder Judiciário, do Ministério Público, da OAB, da Prefeitura Municipal e da comunidade local, têm sido determinantes para que o presídio volte a funcionar dentro da normalidade no mais curto espaço de tempo possível”, finaliza o diretor-presidente.

Veja Também
Manifestação pública em Dourados será às 15h na área central
Prefeitura prepara retomada de drenagem na Cidade Morena
Uber deverá pagar R$ 0,10 por km rodado na Capital
Dentistas avaliam alunos da escola pública para tratamento gratuito
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 12h20​CCR MSVia implanta pare-e-siga na BR-163/MS Todos os locais estão sinalizados
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 11h44TCU vai analisar possíveis irregularidades em negócios do BNDES com a JBS Cada ação valia R$ 7,65, mas o BNDES pagou R$ 8,15 por cada papel
Bairros de Campo Grande vão receber atendimento móvel com dicas para quem deseja empreender
MS é o único estado do Brasil que gerou saldo positivo de empregos no último ano
Governo lança licitações de R$ 25,7 mi e MS-450 será contemplada com pavimentação
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 08h50Roubo de celulares com seguro aumenta de 60% entre 2015 e 2016 Celulares e smartphones são um fenômeno mundial e constituem patrimônio de alto risco
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento