Campo Grande • 09 de dezembro de 2016 • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | sexta, 16 de setembro de 2016 - 11h04Santa Casa promove passeio ciclísticoEvento busca incentivar a campanha de doação de órgãos

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a necessidade da doação de órgãos e provocar a discussão do fato nas famílias e outros grupos sociais para que as pessoas, conversando, convençam-se da necessidade e comuniquem a decisão aos familiares, melhorando a performance das captações e, consequentemente, os transplantes, a ABCG - Santa Casa irá realizar no dia 25 de setembro, a segunda edição do passeio ciclístico “Pedalando pela Vida”.

 O evento terá concentração na rua Eduardo Santos Pereira, em frente à Santa Casa, a partir das 8h com saída prevista para às 9h. O trajeto passa pelas seguintes ruas: parte da concentração, segue pela rua Treze de Maio até a avenida Mato Grosso, seguindo à direita por esta rua até a Calógeras. Segue por esta até a avenida Afonso Pena e sobe nesta sentido centro até a rua Padre João Crippa, nesta contorna na própria avenida, regressando pela mesma até a rua Rui Barbosa, onde vira à direita seguindo até a rua Eduardo Santos Pereira, em frente à Santa Casa.

Os participantes irão concorrer a prêmios como o sorteio de bicicletas e, além disso, ganharão squeezes e os 300 primeiros participantes ganharão camisetas. O evento será gratuito.

Setembro Verde

Setembro é o mês de informação e conscientização das pessoas sobre a necessidade da doação de órgãos e, em todo o País, se alude a este fato utilizando a cor verde como símbolo da campanha que se chama “Setembro Verde”. O objetivo é chamar a atenção da sociedade para o grande número de pessoas que estão na fila de espera por um órgão e o baixo índice de doadores.

 A população pode expressar a vontade de fazer doação de órgãos. É preciso apenas informar a família, já que após a morte, apenas os familiares podem autorizar o transplante. Em vida, pode ser feita a doação de órgãos duplos como rim, parte do fígado, parte do pulmão e a medula óssea. Uma das tarefas mais difíceis para se efetivar uma doação de órgãos é a recusa dos familiares, que, normalmente, fundam sua decisão na alegação de não saber qual desejo do ente falecido a respeito do fato. Por esta razão, terminam optando pela negativa quando entrevistados pelo CIHDOTT (Comissão Intra-hospitalar de Doação de órgãos e Tecidos para Transplantes) da Santa Casa.

Veja Também
sexta, 09 de dezembro de 2016 - 11h57Saúde investe R$ 443 mi para produção de medicamentos biológicos Remédios atenderão pacientes com artrite, doenças autoimune, oncologia, hormônio do crescimento e neutropenia
sexta, 09 de dezembro de 2016 - 11h41Sudão pode ser primeiro país a se tornar inabitável devido a mudanças climáticas Cientistas continuam alertando sobre as consequências das mudanças
sexta, 09 de dezembro de 2016 - 11h24Funsat oferece vagas para mecânico de manutenção de ônibus, açougueiro e retificador de motores Entrega de senhas é das 07h às 17h
sexta, 09 de dezembro de 2016 - 10h14Inflação para famílias de baixa renda chega a 7,39% em um ano Taxa é inferior à registrada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo
Prefeituras poderão elaborar Planos de Mobilidade Urbana até abril de 2018
Enfermeiros da Santa Casa reduzem atendimento
sexta, 09 de dezembro de 2016 - 07h54Previsão de mais chuva Na maioria das cidades do estado pode acontecer chuvas fortes
Termina hoje prazo de inscrição de alunos novos na Reme
Colisão violenta mata quatro em rodovia estadual
Acidente na BR-163 mata seminarista de 19 anos
square noticias uci
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - cirurgia.net
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2016 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento