Campo Grande •29 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Terça, 16 de Maio de 2017 - 14h31Parque de diversão é adquirido com recursos de ação trabalhistaDoação, avaliada em R$ 8 mil, é fruto de ação movida contra o frigorífica JBS

(Foto: Divulgação/MPT)

"Criança tem que brincar e estudar. Trabalhar só quando crescer". Essa é a frase que estampa a placa de um parque infantil inaugurado no último sábado, 13 de maio, pela Escola Estadual Professora Maria de Lourdes Toledo Areias em parceria com o Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul (MPT/MS). 

A doação, avaliada em R$ 8 mil, é fruto de ação movida contra a indústria frigorífica JBS S/A, que culminou em acordo de R$ 4 milhões revertido para entidades governamentais e de caráter filantrópico/assistência social. O pagamento será feito em oito parcelas semestrais e iguais, cuja primeira venceu em setembro do ano passado.

A Escola Estadual Professora Maria de Lourdes Toledo Areias foi fundada há 31 anos e atende cerca de 920 estudantes, sendo 450 crianças que cursam do 1º ao 6º ano do ensino fundamental.

Com os novos brinquedos, a diretora Adriana Bellei espera aproximar o público infantil ainda mais da escola. "Acreditamos que o brincar torna as crianças cidadãos melhores, produtivos e conscientes de seus direitos e obrigações. E, com esse parque, passamos a oferecer um espaço atrativo e adequado, em que elas queiram ficar e sintam-se felizes", observou.  

Em sua fala durante o evento de inauguração do parque, o procurador do Trabalho Odracir Juares Hecht, autor da ação contra o frigorífico JBS S/A, destacou a relevância social de reverter valores acordados em Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para beneficiar a coletividade. "Isso se torna ainda mais gratificante quando os destinatários são crianças, que devem divertir, estudar e constituem o futuro da nosso país", sublinhou.   

O procurador-chefe do MPT/MS, Hiran Sebastião Meneghelli Filho, também presente à cerimônia, disse que esse parquinho representa o espírito de brincar, porque brincando se aprende. "O trabalho deve ocorrer somente quando a criança crescer, estudar, pois aí ela irá se preparar para um trabalho digno e seguro. Lugar de criança é na escola e essas ações são a melhor forma de enfrentar o trabalho infantil e quebrar o ciclo da miséria", reforçou.
 
Sobre o acordo - O TAC foi firmado com o MPT/MS em julho de 2016 devido ao descumprimento de normas trabalhistas. A indústria JBS S/A se comprometeu a não prorrogar a jornada de trabalho dos seus empregados acima de duas horas extraordinárias por dia, assim como a conceder descanso mínimo de 11h entre duas jornadas, elaborar e implementar Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional.

Veja Também
Prefeitura move recurso no TCE para usar lâmpadas de LED
CCR faz alerta sobre queimadas nesta época do ano
Detentos se profissionalizam na técnica de artesanato em osso em Jardim
Doador de MS poderá salvar vidas em quatro estados
Polícia Federal suspende emissão de novos passaportes
UEMS abre seleção de Mestrado Acadêmico em Letras
Quarta, 28 de Junho de 2017 - 12h30Em clima tenso, CCJ do Senado volta a discutir reforma trabalhista Reunião tem objetivo de votar relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR), favorável à constitucionalidade da proposta
Quarta, 28 de Junho de 2017 - 12h13País celebra centenário de Dalva de Oliveira, o Rouxinol Brasileiro Importância de Dalva de Oliveira para a Música Popular Brasileira é unanimidade entre estudiosos da arte
Quarta, 28 de Junho de 2017 - 11h39Vai viajar? Saiba onde CCR MSVia implanta pare-e-siga na BR-163/MS Em caso de chuva as obras serão interrompidas
Unificação no atendimento da Iagro, Agraer e Agenfas reduz gastos
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento