Campo Grande •13 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo do estado - Campanha Mudança 2

Da redação | Quarta, 12 de Abril de 2017 - 10h03Parceria estratégica, com contrapartida do Estado, garante maior programa de transformação urbanaPacote de obras representa o maior investimento em infraestrutura urbana em Corumbá

(Foto: Divulgação)

Com contrapartida garantida pelo Governo do Estado, Corumbá ganha o maior programa de investimentos em infraestrutura urbana, que vai mudar o perfil urbanístico da história cidade encravada nas barrancas do Rio Paraguai e prepara-la para se consolidar como polo turístico e em qualidade de vida. A Capital do Capital terá investimentos de US$ 80 milhões – ou cerca de R$ 240 milhões – em projetos que vão promover o desenvolvimento local com obras de reordenamento urbano e ações socioambientais.

O governador Reinaldo Azambuja formalizou, nesta terça-feira, a chamada parceria estratégica com a prefeitura e o Fonplata (Fundo Financeiro para o Desenvolvimento dos Países da Bacia do Plata), sendo fundamental a participação do Governo do Estado na garantia do financiamento aprovado pelo fundo internacional, com avais do governo federal e do Senado. Metade dos recursos para aplicação a médio prazo – USS 40 milhões – serão garantidos pelo Estado e Município.

O pacote de obras contemplados pelo programa idealizado pela prefeitura e aprovado pelo Fonplata representa o maior investimento em infraestrutura urbana em Corumbá, superando as duas etapas do PAC (Programa e Aceleração do Crescimento), que teve R$ 160 milhões aplicados na cidade, principalmente em saneamento básico, e o Monumenta, que destinou mais de R$ 30 milhões, entre 2000 e 2005, para revitalizar a orla portuária e recuperar o Casario do Porto.

Responsabilidade

“Esta parceria estratégica muda a realidade de Corumbá, melhora a qualidade de vida local e promove atração turística e novas atividades econômicas”, afirma o secretário estadual Jaime Verruck, de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), presente ao ato de assinatura do contrato com o Fonplata. “A participação do Governo do Estado é fundamental para promover estas transformações, por meio da contrapartida”, completou.

Para o governador Reinaldo Azambuja, o ato de formalização do financiamento com o fundo, na noite desta terça-feira, no Auditório Salomão Baruck, fortalece a política de seu governo de promover a municipalização, atendendo os 79 municípios independentemente de siglas partidárias. Também é fruto, segundo ele, do equilíbrio financeiro, que permite distribuir recursos para setores estratégicos, como garantir o desenvolvimento com preservação do meio ambiente.

“Diminuindo o tamanho do Estado, passamos a gastar menos dentro da máquina governamental para investirmos fora, para as pessoas, com uma gestão responsável, comprando melhor e com qualidade”, disse Azambuja, ao discursar para um auditório lotado, com a presença de cerca de 500 pessoas. “Essa política austera nos permitiu investir muito em Corumbá, onde somente em esgotamento sanitário estamos aplicando R$ 75 milhões.”

Ambientes urbanos

O histórico ato de consolidação da contratação do município com o Fonplata na terça-feira contou com as presenças do diretor-presidente e da gerente de operações da instituição, Juan Notaro Fraga e Denise Takahashi Oboro. O dirigente máximo da instituição, entusiasmado com as belezas da cidade e do Pantanal, destacou que as obras estruturantes para Corumbá fortalecerão suas relações com o Rio Paraguai e com sua importância ambiental.

“Além de ser uma referência na integração do Brasil com a Bolívia e o Paraguai, a cidade consolidará, com estas futuras intervenções, como centro atrativo para o turismo, despertando a atenção do mundo, e propiciando maior qualidade de vida e serviços a seus moradores, ambientes urbanos agradáveis e espaços públicos mais próximos do cidadão”, disse o presidente do Fonplata. Ele concluiu que o fundo está muito empenhado em manter esse norte e vai acompanhar as ações em Corumbá.

Sonho concretizado

Ao lembrar que as primeiras tratativas com o fundo para consolidar o programa estruturante para Corumbá foram iniciadas ainda no seu segundo mandato, em 2008, o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira agradeceu a parceria do governador Reinaldo Azambuja e disse que a cidade, no ato de terça-feira, estava materializando sonhos e ampliando conquistas. “O compromisso assumido pelo governador foi fundamental para esta conquista”, frisou.

Ruiter anunciou que a primeira etapa do pacote de obras totaliza investimentos de R$ 57,9 milhões, dos quais R$ 36,4 milhões contemplarão obras de drenagem e pavimentação de conjuntos habitacionais, dentre os quais o “Padre Ernesto Sassida”, com 1,200 famílias. O reordenamento e adequação da malha viária da entrada da cidade, incluindo o pórtico, terá R$ 6 milhões. Os demais recursos serão destinados a obras de drenagem, pavimentação, alargamento de vias e acessibilidade.

Ladário

A agenda cumprida pelo governador Reinaldo Azambuja, nesta terça-feira, incluiu visita a cidade de Ladário, onde entregou patrulha mecanizada para fortalecimento da agricultura familiar, por meio de emenda parlamentar da época em que ainda exercia o mandato de deputado federal, juntamente com o ex-senador Ruben Figueiró. Acompanhado do prefeito Ruso Pedrozo, o governador percorreu bairros carentes da cidade e assegurou novos investimentos em infraestrutura urbana.

Veja Também
Escola pública de Três Lagoas lança de livro de receitas
Professores são premiados por planos de aula com ênfase na educação ambiental
Justiça condena ex-dirigentes da Petrobras por fraudes em contratos
Teste de acuidade visual agora é lei em Campo Grande
Em Corumbá, Secretaria de Educação convoca servidores para atualização cadastral
Pague e leve de chinelos é incentivo à honestidade
Quarta, 13 de Dezembro de 2017 - 12h18Pare-e-siga da CCR MSVia auxilia execução de obras e serviços na BR-163/MS Obras poderão ser interrompidas em caso de chuvas
Quarta, 13 de Dezembro de 2017 - 11h05No STF, Dodge defende que PF não pode firmar acordos de delação premiada Para Dodge, o delegado da PF não teria a prerrogativa de oferecer prêmios ao colaborador
Moradores protestam após isolamento em rodovia
Após denúncia, polícia encontra revólver e pistola com homem
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento