Menu
24 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Campo Grande

Paralisação tem 70% de adesão na Santa Casa da Capital

Dinheiro já está no caixa da prefeitura, mas não pode ser repassado sem contratualização

10 Jan2017Mariel Coelho, em colaboração ao Diário Digital18h40
(Foto: Marco Miatelo)
  • “Creio eu que a renovação não tenha ocorrido devido à mudança de gestão da prefeitura” disse Keila Reis.
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Marco Miatelo)

Funcionários do setor de enfermagem da Santa Casa suspenderam temporariamente as atividades  desde a manhã desta terça-feira, dia 10, devido ao atraso do pagamento do salário do mês de dezembro.

De acordo com a diretora da Siems Keila Reis, o dinheiro para o pagamento dos salários dos funcionários já está disponível no caixa da prefeitura. Porém, não foi repassado porque a contratualização que não foi renovada. “Creio eu que a renovação não tenha ocorrido devido à mudança de gestão da prefeitura”, disse Keila Reis.

O presidente da Santa Casa Dr. Esacheu Nascimento se reuniu na tarde dessa terça-feira (10) com o secretário da saúde Marcelo Vilela, para dar um posicionamento a respeito dos salários a serem pagos. A paralisação ocorre a cada 3 horas, com adesão de 70% dos profissionais.

Até o fechamento desta matéria o Diário Digital, não teve retorno sobre reunião entre o presidente da Santa Casa e o secretario de Saúde, que tratava do assunto nesta terça-feira.

Veja Também