Menu
24 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Emoção

Para incluir pai, filha posa para fotos do casamento em hospital

Izaque Ferreira passou mal três antes da cerimônia e está internado na Santa Casa

21 Out2016Da redação19h19
Presença da noiva causou comoção na Santa Casa de Campo Grande (Foto: Divulgação/Santa Casa)
  • Os noivos e Izaque posam para fotografias na Santa Casa, onde paciente está internado
  • Presença da noiva causou comoção na Santa Casa de Campo Grande (Foto: Divulgação/Santa Casa)
  • (Foto: Divulgação/Santa Casa de Campo Grande)

Rhamella Caroline Soares Ferreira, 20 anos, fez questão que o pai, Izaque Rodrigues Ferreira, 44,  mesmo internado na Santa Casa de Campo Grande participasse do casamento dela. Para tanto, ela se vestiu de noiva e posou para fotografias do álbum de casamento junto com o pai, o noivo e familiares no hospital. “Todo pai quer ver a filha vestida de noiva e realizando sonho de casar”, disse Izaque.

Ele está internado desde que os dois cateterismos que tinha no coração se romperam, apenas três dias antes do casamento da filha única. Percebendo que não teria alta até o casamento, Izaque pediu a liberação dos médicos para  participar da sessão de fotos.

“O doutor tinha ficado de me liberar para festa, mas aí ele mudou de ideia ao ver que a situação é grave e que eu poderia passar mal na festa dela. E aí me deu um desespero, pois é um momento importante e único na vida dela e queria estar presente de alguma forma. Foi aí que pedi para o doutor pelo menos me deixar colocar um terno e gravata, ver minha filha vestida de branco e tirar algumas fotos”, se emociona.

Com a autorização do médico, a família decidiu antecipar algumas horas do casamento para que Izaque pudesse participar nem que seja por algumas horas do casamento da filha. “Se eu não visse ela hoje aí sim acho que meu coração não iria aguentar”, brinca. “Espero que os dois sejam muito felizes. Já estou feliz por ter realizado meu desejo”.

O casamento estava marcado há dois meses e no dia 18 de outubro, Izaque passou mal e foi internado às pressas na Santa Casa de Campo Grande. “Exatamente três dias antes do casamento meu pai passou mal e trouxemos ele aqui para Santa Casa. Os dois cateterismo que ele tinha no coração se romperam e o médico disse para gente que o caso dele é grave e que ele passará por outra cirurgia de hoje para amanhã”, relata a noiva.

Os noivos se conhecem há sete anos, mas estão juntos somente há um ano. Emocionada Rhamella conta que assim que deu entrada no hospital, Izaque disse que sairia para o casamento. “Mas, o caso dele é grave e disse para ele que preferia ele internado aqui no hospital se cuidando e passando por todos os procedimentos possíveis do que ele ir na minha festa e acontecer alguma coisa de ruim com ele”.

O casamento no cartório foi realizado na tarde desta sexta-feira (21) e a festa será nesta noite. Familiares e amigos  prestigiaram o momento especial na vida dos noivos Rhamella e Júlio Daniel Arcanjo Ortiz. 

Veja Também

Lei que dá desconto no IPTU a quem instalar câmeras é promulgada
Parque da Capital é fiscalizado após denúncia popular
Canditados já podem conferir se tiveram ou não isenção no Enem
Em Três Lagoas, artesãos serão cadastrados e receberão carteirinha
OAB-MS acionará CNJ contra obrigação de digitalizar processos
Vale Universidade Indígena convoca pré-habilitados para nova etapa
Governo premiará servidores que desenvolvem boas práticas no serviço público
Economia Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado Valor da parcela mínima será de R$ 50,00 para o microempreendedor individual
Moringa pode purificar a água e ainda combater a desnutrição pelo mundo
Secretário fala de ações do Estado para reforçar a segurança na fronteira