Campo Grande •23 de Agosto de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner ÁGUAS GUARIROBA - Aniversário de Campo Grande

Da Agência Brasil | Quarta, 14 de Setembro de 2016 - 09h53Papa beatifica padre francês degolado por jihadistasAtaque terrorista foi cometido no último dia 26 de julho

O papa Francisco celebrou hoje (14), na Casa Santa Marta, no Vaticano, uma missa dedicada ao padre francês Jacques Hamel, degolado por jihadistas dentro de uma igreja em Saint-Étienne-du-Rouvray, nos arredores de Rouen.

O ataque terrorista foi cometido no último dia 26 de julho, quando dois homens que haviam jurado fidelidade ao Estado Islâmico obrigaram o sacerdote a se ajoelhar no altar e cortaram seu pescoço. "Padre Jacques é um mártir, e os mártires são beatos. Devemos rezar a ele para que nos dê suavidade, fraternidade, paz. E também a coragem de dizer a verdade: matar em nome de Deus é satânico", disse o papa Francisco durante a missa, que contou com a presença de 80 peregrinos da diocese de Rouen.

Além disso, o líder da Igreja Católica afirmou que hoje há mais mártires do que nos primeiros tempos do cristianismo. "Hoje, há cristãos assassinados, torturados, encarcerados, degolados porque não renegam Jesus Cristo. Assim chegamos ao nosso padre Jacques, que faz parte dessa cadeia de mártires", disse.

O papa também pediu para o arcebispo de Rouen, monsenhor Dominique Lebrun, pendurar uma foto do sacerdote nas igrejas da diocese. "Ele é beato agora. Se alguém te disser que você não tem o direito [de pendurar a foto], fale que o papa te deu permissão", afirmou.

O processo de beatificação pede a comprovação de um milagre, condição que é dispensada no caso de martírio, e costuma ser considerado o primeiro passo para a canonização. A partir do momento em que é beata, a pessoa passa a ser digna de veneração e de receber orações.

Com as declarações de Francisco, o Vaticano deve iniciar os procedimentos formais para beatificar de fato o padre francês. Hamel tinha 85 anos e era sacerdote da Igreja Católica desde 1958. Sua morte representou o primeiro ataque jihadista contra um símbolo do cristianismo em solo europeu.

Veja Também
Cirurgia aneurisma cerebral menos invasiva
João Crippa, o fundador da igreja Matriz
Quarta, 23 de Agosto de 2017 - 06h32Temperatura em elevação em todo o estado Umidade do ar volta cair mais ainda está longe do limite de alerta
Comunicação alternativa facilita contato com pacientes na Santa Casa
Franquia de lanches saudáveis para crianças chega a Capital
Três Lagoas abrirá mais dois pontos de distribuição de remédios
Projetos receberão R$ 4,5 milhões em bolsas de mestrado e doutorado
Prefeitura tentará empréstimo para concluir obras paradas
CCR MSVia anuncia retomada de obras na BR-163
Terça, 22 de Agosto de 2017 - 11h07CCR MSVia alerta para trechos em serviços na BR-163/MS Em caso de chuva as obras serão interrompidas
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento