Menu
28 de março de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Saúde

Paciente diz que exames deram negativo para coronavírus

Jovem que esteve na Tailândia, China e Alemanha está internado em isolamento no hospital de Ponta Porã

26 Fev2020Da redação15h58

O paciente de 24 anos que está internado em isolamento no Hospital Regional de Ponta Porã com suspeita de coronavírus se manifestou sobre o caso em suas redes sociais. Ele afirma que os exames deram negativo para a doença. O jovem relata que pegou apenas um resfriado.

“Vamo lá: tô espalhando a notícia pra geral: eu não vim da China passei por lá 1 dia mas tem mais de 15 dias! Vim da Tailândia, peguei resfriado na Alemanha por conta do clima muito gelado e quando desembarquei no Brasil clima de muito calor. Os exames não apontaram nada para corona, então hoje vou receber alta!”, postou.

Por enquanto, oficialmente, o caso ainda é tratado como suspeito pelas autoridades. Na tarde desta quarta-feira, 26 de Fevereiro, o secretário estadual de Saúde Geraldo Rezende participa de reunião técnica sobre o coronavírus, na sede da secretaria, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. O encontro é realizado a portas fechadas.

Conforme nota da Secretaria divulgada no início da tarde, o paciente internado em Ponta Porã tem histórico de viagem de 14 dias na Tailândia, com voo de conexão em Pequim na ida e voo de conexão de volta na Alemanha.

Ainda de acordo com a nota, ele desembarcou no aeroporto de Guarulhos e veio de carro até o município de Ponta Porã. O paciente foi atendido no hospital Regional de Ponta Porã, apresentando febre, coriza e dor de garganta. 

Seguindo o protocolo previamente estabelecido pela SES-MS, e de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde, o paciente foi internado no isolamento da unidade.

Em áudio atribuído ao rapaz, ele fala que está tratando o assunto como piada. “A galera já falou que eu tinha corona confirmado”, disse. O jovem explicou ter viajado entre quatro pessoas, mas que só ele ficou resfriado.

“Vim pro hospital não porque suspeitava que eu estava com corona, mas sim pra pegar um atestado que prove que não tenho o corona, que se tratava de uma gripe comum e assim poder voltar trabalhar normal”, mencionou na postagem.

“Eu ri demais, mas foram as melhores férias da vida, porque fechou com chave de ouro”, diverte-se.

Veja Também

Gêmeos nascem em parto raro no Hospital Regional
Polícia Ambiental flagra armazenamento ilegal de agrotóxico
Estiagem e baixa umidade do ar devem predominar nos próximos meses
Quatro são presos por pesca predatória no rio Aquidauana
Rua 14 de Julho terá árvores de erva mate
Nota Premiada sorteia R$ 200 mil neste sábado
Sábado de muita nebulosidade
Primeiro PTT público de MS é instalado para melhoria de internet em toda cidade
STJ concede regime domiciliar a todos os presos por pensão alimentícia
Programa de televisão e empresa de telefonia terão que indenizar idosos