Menu
21 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Acessibilidade

Campo-grandense em conferência da ONU

Engenheiro foi convidado pelo Governo Federal para representar o país no evento

15 Jun2017Laureano Secundo10h51

Natural de Campo Grande, o Engenheiro Civil, pós-graduado em gestão Empresarial e especialista em Acessibilidade,  Jary Castro, está representando o Brasil em Conferência Internacional sobre direitos das pessoas com deficiência. O evento está sendo realizada na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York sendo que Jary  O representante brasileiro ainda aproveita o evento para finalizar a terceira edição do livro que lançou em 2013 "Ir e Vir Acessibilidade Compromisso de Cada Um".

Jary é hoje gerente do Centro Oeste e responsável pela acessibilidade dentro do Sistema Confea/Crea e Mútua e trabalha há 20 anos com Direitos Humanos e disse que representar o Brasil no evento é uma coroação por tantos anos de trabalho. "Vim  a convite da Presidência da República, através do Ministério dos Direitos Humanos para esse evento que tem importância mundial, pois aqui estão sendo representados mais de 100 países" disse Jary. Ao todo são 70 representantes brasileiros que participam do evento que vai até quinta-feira (15).

A Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência foi adotada pela Assembleia Geral da ONU, em 13 de dezembro de 2006, e passou a valer em 2008, quando obteve a vigésima ratificação entre os países signatários. Desde então, as partes se reúnem anualmente - obedecendo ao artigo 40 do documento -, quando decisões são tomadas para cumprir as metas do tratado. O país-presidente da sessão deste ano é a Bulgária, com auxílio da vice-presidência composta por Tunísia, Sri Lanka, Equador e Alemanha.

 

Veja Também

Rodovia que 'esfarelou' fica pronta em agosto
Simted suspende greve que iniciou na sexta-feira, dia 18
Dourados receberá Caravana da Saúde Indígena em junho
Campanha de Vacinação já imunizou 129 mil pessoas, diz prefeitura
Projeto estabelece o rastreamento precoce de doenças
Programa Universitário Cidadão tem início em Três Lagoas
Defesa Civil do Estado avalia impactos da cheia do Pantanal
Câmara conclui votação da regulamentação da profissão de físico
EUA acusam aliado de Maduro de narcotráfico e impõem sanções
Projeto endurece pena para homicídio contra população LGBT