Menu
25 de setembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Victor Center
Poder Judiciário

Ônibus da Justiça realiza 141 casamentos em Itaporã

População recebeu os serviços do ônibus da 8ª Vara do Juizado Especial de Campo Grande

6 Dez2017Da redação16h55

A população da comarca de Itaporã recebeu os serviços do ônibus da 8ª Vara do Juizado Especial de Campo Grande – Justiça Itinerante, que foi à cidade no sábado passado, 2 de dezembro. O convite partiu dos vereadores locais e contou com ampla participação dos habitantes, que receberam atendimento rápido e totalmente gratuito. O ônibus ficou estacionado na Rua José Pacheco Pontes, em frente ao Cras.

Nos atendimentos, foram realizadas 141 conversões de união estável em casamento, um reconhecimento de união estável, dois reconhecimentos de paternidade socioafetiva e uma conversão de separação em divórcio.

O juiz Evandro Endo, diretor do Foro de Itaporã, explicou que o trabalho superou as expectativas. “Foi muito positiva a vinda do ônibus da Justiça Itinerante para a comarca. Os vereadores que solicitaram a vinda do ônibus disseram que, apesar do grande número de atendimentos, ainda há pessoas para serem atendidas em uma outra oportunidade”.

O magistrado elogiou a equipe de conciliadores e o juiz Cezar Luiz Miozzo, responsável pelo serviço que há 16 anos leva serviços jurídicos para os bairros da capital.

“Os conciliadores são muito capacitados e realizam o trabalho com qualidade e rapidez, além do sorriso no rosto que tranquiliza as pessoas que buscam o serviço judiciário. O Dr. Cezar Miozzo, também, tem um trato fácil com as pessoas que as motivam e faz com que elas acreditem na Justiça e busquem o Judiciário para solucionar seus conflitos da melhor forma possível”, contou Evandro Endo.

Saiba mais – Criada pela Resolução nº 353, de 3 de outubro de 2001, a Justiça Itinerante – como é conhecida – tem uma história de mais 150 mil processos e quase 90% de acordos em 16 anos de atuação em Campo Grande.

A Justiça Itinerante garante facilidade e rapidez nos serviços prestados, além de não gerar nenhum custo à população. Tem a competência de conciliar, processar e julgar causas cíveis de menor complexidade, cujo valor não exceda 40 salários-mínimos, bem como as causas relativas a direito de família.

Sob o comando do juiz Cezar Luiz Miozzo, o serviço percorre 16 bairros de Campo Grande prestando atendimento gratuito e fazendo valer os direitos da população, auxiliando e procurando solucionar suas pendências judiciais.

Veja Também