Menu
28 de março de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Conselho Tutelar

Novos conselheiros tutelares de Campo Grande são capacitados

Eleitos em 2019, eles vão atuar na defesa dos direitos das crianças e adolescentes

11 Fev2020Da redação09h30

Conselheiros tutelares da Capital, 25 no total, já começaram a passar por capacitação oferecida pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast). As atividades começaram nesta segunda-feira e terminam hoje (11). Os novos conselheiros serão acompanhados por técnicos da Superintendência de Direitos Humanos da Sedhast (SUPDH) e Coordenadoria de Apoio aos Órgãos Colegiados da Sedhast (CAORC) durante todo o dia na Fundação Escola de Governo.

A capacitação, que também atingirá outras regiões de MS, tem o objetivo de informar e sensibilizar os novos conselheiros tutelares para conhecerem suas atribuições e como proceder em casos de violações de direitos da criança e do adolescente. Em cada turma também serão abordadas questões que envolvem a garantia dos direitos humanos expressas no Estatuto da Criança e do Adolescente, além da operacionalização do Sistema de Informação para Infância e Adolescência (Sipia).

O secretário-adjunto da Sedhast, Adriano Chadid, conversou com os conselheiros durante a abertura da capacitação, e reforçou o importante papel que cada um desempenha na transformação também das famílias atendidas. “É um papel crucial dentro de nossa sociedade e, sem dúvida, essa capacitação irá reforçar ainda mais cada um aqui para uma melhor atuação no dia a dia”, disse.

Para a conselheira Vânia Martins, é importante estar a par das mudanças, principalmente no sistema Sipia. “Quando era o SipiaWeb, tínhamos muita dificuldade principalmente por causa do acesso à internet que não era muito boa, sempre acabávamos perdendo todos os registros. Agora, com esse novo sistema, teremos melhores experiências e facilidade. Essa capacitação auxilia e sana dúvidas”, pontuou.

Veja Também