Campo Grande •24 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
ALMS - Gestão para Pessoas

Da redação | Segunda, 17 de Outubro de 2016 - 18h37Nova resolução beneficia pequenos produtores no uso de recursos hídricosProdutores rurais poderão obter declaração de uso dos recursos hídricos pela internet

(Foto: Chico Ribeiro/Governo de MS)

O governador Reinaldo Azambuja assinou, na tarde desta segunda-feira (17), a resolução de nº 40 do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, uma medida que vai beneficiar pequenos produtores de Mato Grosso do Sul. A resolução prevê que produtores rurais possam obter a declaração de uso dos recursos hídricos pela internet, em substituição ao procedimento de outorga exigido até agora.

A medida atende demanda da Federação de Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) e beneficia produtores que têm previsão de uso de até 10 mil metros cúbicos diários de água. A certificação terá os mesmos efeitos legais da outorga, uma exigência de legalidade cobrada inclusive para a concessão de empréstimos bancários. O uso de recursos hídricos pressupõe, entre outras possibilidades, a captação de água de superfície bem como a perfuração de poços.

O governador Reinaldo Azambuja destacou que a medida vai trazer economia para os produtores, uma vez que a obtenção da outorga passa pela contração de um geólogo e de procedimentos técnicos que ficam na faixa dos R$ 10 mil. “Estamos estabelecendo um procedimento que tem os mesmos efeitos jurídicos da outorga, diminuindo custos e facilitando a vida do produtor”, afirmou.

O secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento (Semade) destacou que o documento via Internet tem validade por 10 anos. “Com a medida, vamos atender cerca de 40% do total das demandas para uso dos recursos hídricos, as quais ficam nesta faixa de consumo”, afirmou.

O presidente da Famasul, Maurício Saito, agradeceu o atendimento do pedido da entidade, levado até a Semade no último dia 07. “O certificado facilita a legalidade e desonera os produtores”, disse. Junto com Saito, acompanharam a assinatura do documento os presidentes dos sindicatos rurais de Douradina, Claudio Pradella, e de Itaporã, Otávio Vieira de Mello. O secretário de estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Eduardo Riedel, também participou da assinatura.

Para viabilizar a certificação de uso dos recursos hídricos, o produtor deve entrar no site do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul)  (http://www.imasul.ms.gov.br/),  e no menu à esquerda entrar no link ‘Recursos Hídricos’.

Veja Também
Projeto facilita retirada de conteúdos da internet que induzam ao suicídio
Corumbá vai substituir nove mil lâmpadas comuns por LED
Parceria combate discriminação por orientação sexual
Nova espécie de aranha é descoberta em MS
Aviões militares dos Estados Unidos voam perto da Coreia do Norte
MPE investigará denúncia de corrupção na Câmara de Ivinhema
Prova para revalidar diploma de medicina obtido em outros países será amanhã
Governo promove palestra de prevenção ao suicídio para servidores
Três Lagoas implanta super antivírus para proteger dados
MPF denuncia seis pessoas por falsificação de documentos
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento