Menu
28 de março de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Aquário do Pantanal

Nova licitação vai contratar serviço de impermeabilização de tanque

Medida será feita em 32 tanques com 5,4 milhões de litros de água para abrigar peixes e répteis

13 Fev2020Da redação09h20

Aquário do Pantanal, futuro cartão postal de Campo Grande, lança nessa quinta-feira (13) um novo processo licitatório, a Impermeabilização dos Tanques, que garantirá a vedação dos aquários, evitando infiltrações e vazamentos. Esse já é o 4° processo licitatório lançado após a retomada das obras, que aconteceu em novembro do ano passado.

O Centro de Estudos e Pesquisas da Ictiofauna do Pantanal, o Aquário, contará com 32 tanques (24 internos e oito externos) da ictiofauna pantaneira (peixes e répteis), mais de 5,4 milhões de litros de água e um sistema de suporte à vida com condições reais do habitat. Os tanques formarão circuitos cenográficos para transportar os visitantes aos cinco continentes: Europa, África, América, Ásia e Oceania.

“Além do circuito cenográfico dos cinco continentes, o Aquário vai contar a história da maior planície alagada do mundo, que é o Pantanal. Dá para conhecer mais do Pantanal aqui, do que indo até ele. O Aquário irá oferecer ao público a oportunidade de conhecer a riqueza da biodiversidade do Pantanal, além de outros ecossistemas brasileiros”, afirmou o vice-governador e titular da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Murilo Zauith.

Licitações -  Além da impermeabilização dos tanques, outras três licitações para a conclusão das obras já foram lançadas.  Hoje, já estão sendo executados os serviços de substituição dos vidros e a conclusão da cobertura metálica. Já os trabalhos para a conclusão do revestimento de alumínio composto (forro e monocapa) começarão assim que os trâmites administrativos habituais do processo licitatório em aberto sejam concluídos.

“Já lançamos quatro licitações, na modalidade concorrência, para a execução dos serviços pendentes no Aquário do Pantanal. As próximas licitações já estão pré-definidas e seguem a dinâmica necessária para que a obra seja concluída. A troca dos vidros e a cobertura metálica estão sendo executados. A licitação do revestimento de alumínio composto está dentro da normalidade do processo licitatório. Não há entraves judiciais. São processos administrativos. Logo, teremos uma empresa vencedora do trâmite “, explicou

Veja Também