Campo Grande •24 de Junho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Sexta, 16 de Setembro de 2016 - 15h35Nova iluminação chega as Moreninhas, Coophavilla e NoroesteSerão instaladas 30 mil luminárias em diferentes regiões da cidade até o fim de novembro

Até quinta-feira, dia 15, 2.900 pontos da capital já haviam recebido as novas luminárias.
Até quinta-feira, dia 15, 2.900 pontos da capital já haviam recebido as novas luminárias. (Foto: Divulgação)

A substituição das antigas lâmpadas a vapor de sódio e mercúrio por modernas luminárias de led em Campo Grande, que começou na região do Aero Rancho, chega agora ao Conjunto Moreninhas, a Coophavilla e ao Jardim Noroeste. Para acelerar os trabalhos, a empresa Solar Distribuição e Transmissão, escolhida através de licitação para executar o serviço, mobilizou 37 equipes próprias e terceirizadas que trabalham 20 h por dia, em sistema de revezamento.

“Estamos nas ruas das 7h da manhã às 3h da madrugada para instalar 30 mil luminárias em diferentes regiões da cidade até o fim de novembro”, assegura Bruno Soares, engenheiro e responsável técnico da Solar.

De acordo com o gerente de iluminação pública do município, Laércio Araújo Chaves, os principais critérios utilizados pela prefeitura para definir os locais onde inicialmente estão sendo instaladas as luminárias são a quantidade de habitantes da região e o nível de carência sócio econômica dos moradores. Além disso, o serviço contempla também vias de grande fluxo de veículos como é o caso das Avenidas Afonso Pena, Bom Pastor e Eduardo Elias Zahran, onde as obras já foram iniciadas. “Para cada instalação no Centro estamos autorizando duas nos bairros mais afastados”, explica Chaves.

O trabalho é resultado da adesão de Campo Grande à licitação promovida pela Associação dos Municípios da Bacia do Médio São Francisco, da qual a Solar foi a vencedora, na modalidade menor preço. De acordo com o secretário de Infraestrutura da capital, Amilton de Oliveira, o custo oferecido pela Solar é 26 % menor que o encontrado no mercado sul-mato-grossense, o que permitiu uma economia, durante o processo licitatório, de R$ 12,1 milhões para a prefeitura, “sem contar a economia que faremos com a redução dos custos de manutenção e de consumo de energia, estimada em R$ 790 mil por mês somente nos 30 mil pontos que ganharão as novas luminárias”, revela. As placas de led utilizadas em iluminação pública são diferentes das lâmpadas que o consumidor compra para usar em casa. Elas têm vida útil mais longa e custo de manutenção menor.

A chegada da nova iluminação repercutiu favoravelmente nos locais onde já foi implantada, como é o caso da região do Aero Rancho, onde 80 % dos pontos de luz já contam com luminárias de led. O marceneiro Élber Vagner Ribeiro de Almeida, que mora no bairro há 22 anos, ficou feliz com a mudança. “Não só eu, mas diversos moradores só têm o que elogiar do serviço. O Aero Rancho ficou mais bonito”, avalia. José Luís Souza, proprietário de uma loja de roupas na Avenida Presidente Tancredo Neves

O diretor da Solar, Rodrigo Silva, afirma que a receptividade do povo campo-grandense tem tornado o trabalho agradável para todos. “Estamos realizando um serviço de excelência, que deixará Campo Grande ainda mais bela”, garante. Até quinta-feira, dia 15, 2.900 pontos da capital já haviam recebido as novas luminárias.

Veja Também
Audiência debate segurança nos cemitérios públicos da Capital
Projeto de lei permite que bancos funcionem aos sábados
Restrição do uso da internet aumenta a qualidade da rede
Saiba como prevenir e tratar a artrite
Ministro nega retaliação da Noruega e diz que desmatamento voltará a cair
Avião monomotor cai sobre creche na Flórida e mata uma pessoa
Médicos rejeitaram reajustes acima da inflação, diz prefeitura
MPT fará mediação entre trabalhadores e Santa Casa
Profissionais de Educação Física aprovados em concurso são convocados
Deslizamento de terra deixa pelo menos 120 desaparecidos na China
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento