Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Dia da mulher

Neiva Guedes e sua luta de 28 anos

Criadora e presidente do Projeto Arara Azul

8 Mar2018Elaine Silva - Especial para Diário Digital09h59
(Foto: Elaine Silva)
  • Neiva Guedes colocando um ninho artificial no Pantanal
  • (Foto: Elaine Silva)

Há 28 anos Neiva Guedes atua como bióloga e já recebeu cerca de 27 prêmios entre nacionais e internacionais. Ela é conhecida pelo "Projeto Arara Azul", que foi criado em prol da preservação das araras azuis, além do monitoramento e instalação de ninhos artificiais em  aéreas urbanas. Apesar da extensa ficha Neiva, enfrentou muitas barreiras para ter esse reconhecimento.

Para entender a história vamos voltar no tempo em 1989, quando viu um bando de araras azuis no Pantanal e se encantou. "Eu fiquei maravilhada com aqueles animais, então um professor veio e falou que eles estavam ameaçados de extinção á partir daqui foi que eu iniciei o projeto", relata Neiva.  

Com o projeto Guedes lutou para conseguir recursos, criou ninhos artificiais e os colocava em árvores. O seu trabalho sempre foi acompanhado pela família, tanto que sua filha de 15 anos, sempre que pode a acompanha. Sem muitas pessoas para ajudar, Neiva subia em árvores para montar os ninhos, ela não tem medo e entra realmente em campo.

Dificuldades - Ao iniciar seu projeto e ter convivência com as araras, Neiva não se via casada e com filhos, mas isso mudou. Ela casou e teve três gestações, sendo que duas ela perdeu, ao ir para o campo. "Minhas gestações foram às partes mais difícil de ir ao campo, na primeira eu peguei um infestação de carrapato e na segunda dengue. A terceira  eu me cuidei mais, porém fui com minha equipe para Bonito, mostrar onde eles colocariam os ninhos artificiais, mas novamente eu peguei carrapato e acabou induzindo o parto, mas deu tudo certo  e agora eu falo que minha filha é irmã das araras",  relata Neiva.

Veja Também

Clima Manhãs frias e tardes quentes Dias devem permanecer com temperatura em elevação
Sitiante é autuado por manter macaco-prego em cativeiro
Anvisa suspende venda de fraldas Huggies Turma da Mônica
Colisão frontal mata duas pessoas em rodovia
Simted rejeita proposta feita pela prefeitura de Corumbá
Governo do Estado promove 113 PMs a sargento
Campanha do Agasalho do Judiciário é prorrogada até o dia 10 de julho
Castração de gatos no CCZ deverá ser agendada presencialmente
Empresário sugere proibição de fogos de artifício com ruído
Deficientes poderão ser isentos de taxa de inscrição em concursos